“Minha saída foi necessária para a criação de um fato novo no clube” diz Rui Costa


Por: Thiago Rocha,

Após a desclassificação na Copa Libertadores da América, para o Rosário Central, o Grêmio fez mudanças no seu departamento de futebol. Entre estas modificações o Diretor Executivo, Rui Costa, foi desligado de suas atividades no clube. O apresentador Alex Bagé conversou com Rui Costa na noite de ontem (06), no Grenal Futebol Clube. Além de fazer uma avaliação do seu trabalho, o ex-dirigente gremista apontou que houve “fogo amigo” nos bastidores do tricolor para sua saída. 

A primeira passagem de Rui foi com o presidente Duda Kroeff, na temporada de 2010, e a segunda começou em 2012 com o presidente Fábio Koff. O ex-diretor executivo vinha recebendo muitas criticas, por parte de torcedores e por de grupos políticos. O nome mais cotado para o substituir é do coordenador das categorias de base, Júnior Chávare. Quem também deve sair da gestão de futebol do tricolor é César Pacheco.

O Grêmio pensa agora no Campeonato Brasileiro. A equipe gaúcha entra em campo no dia 15 de maio, contra o Corinthians.

 

 

 

 

Comentários

>