Melhores ataques do futebol brasileiro, Grêmio e Flamengo abrem disputa à parte nas semifinais da Libertadores


Por: Valéria Possamai,

Um dos duelos mais aguardados começa a ser disputado nesta quarta-feira, na Arena, quando Grêmio e Flamengo entram em campo pelo jogo de idas das semifinais da Copa Libertadores da América. Além da busca por uma vaga à finalíssima, a partida coloca frente à frente a disputa do melhor futebol do Brasil.

Quando deixarem o túnel da Arena, os dois times entraram em campo para a disputa do 94° jogo da história do confronto. Até aqui, as estatísticas apontam para 34 vitórias do lado tricolor, 28 do lado do mengão, além de 31 empates.

Ainda com relação ao retrospecto, o Grêmio, que faz o primeiro jogo em seus domínios leva vantagem como mandante. Em 42 jogos disputados, o tricolor soma um aproveitamento de 52%, com 22 vitórias, contra 10% dos cariocas, que venceram apenas em 4 oportunidades. 16 empates ainda completam o histórico.

Na busca de objetivos opostos, de manter a invencibilidade dentro de casa, pelo lado do Grêmio, e quebrar um tabu de 15 anos sem vencer em Porto Alegre, pelo lado do Flamengo, as equipes chegam em momento de equilíbrio na temporada. Se por um lado, os comandados de Jorge Jesus chegam como líder do Brasileirão e com um elenco badalado, a experiência dos comandados de Renato Portaluppi equiparam a peleia.

Foto:(Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

“O Flamengo tem uma grande vantagem: o Flamengo buscou os melhores. Se fosse fazer um jogo deles contra a Seleção Brasileira seria duríssimo. Eles tem 7, 8 jogadores de nível seleção. Vão ser dois grandes jogos. Duas equipes que buscam o gol e que não vão mudar sua maneira de jogar. Infelizmente só um vai passar. Poderia ser uma final”, Renato Portaluppi.

 

 

 

Foto: (Alexandre Vidal / Flamengo)

“Vai ser disputado, como é óbvio. Nada vai ser resolvido em Porto Alegre aconteça o que acontecer. Vai ser muito competitivo, com ritmo alto. Essa, sim, é uma equipe que vai disputar o jogo conosco e algumas vezes nos colocar nas cordas. Mas estamos preparados para isso. Estamos conscientes para atacar e defender quando necessário. O que posso dizer é que o Renato tem mais conhecimento que eu no futebol brasileiro, mais experiente, já ganhou a Libertadores”, Jorge Jesus.

A disputa por uma vaga à finalíssima também coloca frente os melhores ataques da temporada. Fla soma 100 gols em 53 jogos, enquanto o Grêmio, na vice artilharia, soma 97 gols e 55 jogos.

A história deste confronto passa a ser escrita na quarta-feira, às 21h30, na Arena. A decisão final da vaga ocorre no dia 23, no Maracanã.

Transmissão

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Comentários

>