Matheus Henrique concede entrevista coletiva nas vésperas do Grenal 428

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Na tarde dessa sexta-feira (2), foi a vez do meio-campista Matheus Henrique conceder entrevista coletiva à imprensa. Falou sobre os últimos detalhes da preparação para o Grenal 428 e a sequência tricolor.

Perguntado sobre o novo esquema tático que o Renato vem utilizando com o uso de três volantes e o que o retorno de Maicon pode agregar para a equipe, o jogador respondeu: ”É uma variação que nossa equipe tem. Tem jogos que vamos no 4-2-3-1, com dois volantes e um meia a nossa frente, e nos últimos jogos está dando certo esse tripé, no Grenal do gauchão, lá no Beira-Rio, aonde vencemos com um gol do Diego Souza e o Grenal da Libertadores, então acredito que está dando certo.”

”Para nós não tem novidade, eu fico mais solto pelo lado esquerdo, fico mais próximo aos meus companheiros da frente. Sobre o retorno do Maicon, sabemos que é um grande jogador, ninguém tem dúvida disso, então é muito importante, ele é o líder do vestiário, um dos nossos capitães, então com certeza ele vai nos ajudar muito ainda nessa temporada. ”, acrescentou.

Tendo em vista a sequência invicta que o clube vem tendo em grenais, foi questionado sobre a motivação que isso e a possibilidade de acabar mais um ano sem perder Grenal, traz para a equipe: ”Sabemos da rivalidade que existe na dupla, mas o que o Renato passa para a gente é que um jogo que vale os 3 pontos, então não tem loucura ou coisa nova, é entrar com o mesmo espírito, com o mesmo pensamento. O retrospecto não entra dentro de campo, precisamos entrar lá amanhã e defender essa invencibilidade.”

Nos 10 clássicos últimos clássicos, a presença de Matheus Henrique esteve em 9, perguntado sobre o que se da essa atribuição de sucesso pessoal que lhe garante titularidade nos clássicos: ”Fico feliz por esses números, essas estatísticas, de não ter perdido Grenal no profissional. O clássico é um jogo que nunca tem favorito, vamos dar nosso melhor para amanhã conseguirmos mais um resultado positivo.”

Sobre a ausência do Geromel e Kannemann, Matheus Henrique destacou: ”Todos sabemos que essa zaga é uma das maiores da América, são grandes jogadores. Mas acredito na força do nosso grupo, no Grenal da Libertadores jogou Rodrigues e Kannemann, e deu certo. Então sabemos que todos são bem qualificados e estamos bem preparados.”

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grenal 428: As dúvidas da zaga gremista
Grenal 428 termina empatado em 1 a 1 e com expulsões na Arena
Deixe seu comentário