Manutenção da invencibilidade e melhora no ambiente: Renato Portaluppi e o clássico desta quarta

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grenal 427 pode ser o início de uma virada de chave para Renato Portaluppi. O técnico, que recentemente completou quatro anos a frente do clube, encara uma fase que não é das melhores. E isso o próprio Renato já admitiu: “Como que você vai colocar em dúvida um trabalho de quatro anos, que conseguiu vários títulos? Vamos dizer que o trabalho não é bom, mas não vamos dizer que é péssimo”. No Campeonato Brasileiro, em dez jogos, foram duas vitórias, sete empates e duas derrotas. Já na Libertadores, o tricolor vem de uma derrota por 2 a 0 para a Universidad Católica, última colocada do grupo e a única equipe que ainda não havia vencido.

A direção e o técnico estão alinhados: não é momento para mudanças. E para confirmar isso, o tricolor vai em busca do seu décimo Grenal sem perder. A última vez que o Tricolor perdeu foi em setembro de 2018, pelo Brasileirão. De lá para cá, são cinco vitórias e quatro empates.

Mas a vitória vai além da manutenção da invencibilidade. Superar o rival mais uma vez significa uma melhora no ambiente e até mesmo a amenização das críticas que o técnico e o elenco vêm recebendo. Na última semana, torcedores realizaram uma manifestação no entorno da Arena, com cartazes dizendo “Time sem vontade” e “Cadê o futebol do Grêmio?”. Alguns torcedores já pedem a saída de Renato do cargo.

Se não conseguir sair do Beira-Rio com a vitória, além dos problemas ambientais, o Grêmio entra em uma situação delicada na Libertadores. Se o América de Cali, que recebe a Universidad Católica na Colômbia, vencer, pode chegar aos seis pontos e ultrapassar o tricolor gaúcho, tirando-o da zona de classificação.

Mas se vencer o Grenal desta quarta, e equipe de Renato chega aos mesmos sete pontos do Inter, e ainda pode se tornar líder do grupo E, dependendo do saldo de gols.

Inter e Grêmio se enfrentam nesta quarta-feira (23), às 21h30, no estádio Beira-Rio, pela quarta rodada da fase de grupos da Libertadores. O Grêmio é o vice-líder, com quatro pontos. Já o colorado, é o líder, com sete.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grêmio abre semana de treinos com foco no Grenal 427
Grêmio faz proposta por Cavani, mas aguarda atacante analisar opções na Europa
Deixe seu comentário