Mais de cinco meses após lesão, Jean Pyerre comemora retorno aos gramados

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Depois de exatos 5 meses e 17 dias, Jean Pyerre voltou a estar em campo com a camisa do Grêmio. Após recuperação de uma lesão na coxa direita, o meia atuou por 29 minutos na partida contra o Pelotas, neste domingo, na Boca do Lobo. E, fez um desabafo quanto os episódios durante o tratamento.

“Nós jogadores queremos sempre jogar. Se o professor precisar, vou estar disponível. Seja o tempo inteiro, 30 minutos ou cinco minutos. Estar longe dos gramados, viver o dia a dia, essa atmosfera de jogar, isso que mais me chateou. O pessoal indo para a concentração. Foi a minha primeira lesão. Mas graças a Deus eu venci”, disse o atleta na saída de campo.

Pelas redes sociais, Jean Pyerre também fez um agradecimento ao apoio durante o afastamentos dos gramados: “Obrigado ao apoio de todos, foi muito fundamental por todo esse tempo, que 2020 possa ser um ano melhor e abençoado”.

Em entrevista coletiva, o técnico Renato Portaluppi também saudou a volta de Jean, registrando que cobranças são feitas para obter o melhor rendimento do atleta.

“O mais importante é que ele está de volta. Sou chatos às vezes, ele (Jean) fica brabo com algumas cobranças. Cobro de todo mundo. Quero ele de volta 100% para nos ajudar. Preciso de todo mundo. Fico feliz que está de volta. Ele (Jean) só vai readquirir (ritmo) jogando. Estou soltando aos poucos, mesma forma com o Thiago”, declarou o técnico do Grêmio.

Apesar da primeira atuação, a presença de Jean Pyerre como titular no Grenal da Libertadores é praticamente descartável por conta da condição física do jogador. Sem Thiago Neves na sua melhor performance, a tendência é que o técnico Renato opte novamente por uma escalação com Maicon, Lucas Silva e Matheus Henrique no meio-campo.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

#GrenaldasAméricas: o que projetam os técnicos da dupla sobre o clássico
Titular no Grenal? Saravia deslancha em estreia e se credencia para clássico da Libertadores
Deixe seu comentário