Luan marca duas vezes, Grêmio vence o clássico 413 e se classifica no Gauchão

Foto: Site oficial

O Grenal de número 413 da história, quis o destino, valia – além da enorme rivalidade – a classificação gremista à próxima fase do Campeonato Gaúcho. No Estádio Beira-Rio, o Grêmio dependia apenas de si para avançar, enquanto o anfitrião, Internacional, buscava a liderança da primeira fase da competição estadual.

Há mais de um ano sem o maior clássico do Rio Grande do Sul, a partida deste domingo teve contornos semelhantes ao da temporada passada, no entanto, a equipe visitante saiu vitoriosa, pelo placar de 2×1. Luan, marcando duas vezes, e Rodrigo Dourado, marcaram os gols do jogo.

Odair Hellmann, apesar dos importantes desfalques, manteve a formação do time, utilizando o centroavante de referência. Marcelo Lomba, Dudu, Klaus, Víctor Cuesta e Iago formaram o sistema defensivo; Rodrigo Dourado, Edenílson, D’Alessandro e Patrick compuseram o meio-campo, com Nico López e Roger no ataque.

Já Renato Portaluppi , que  vinha com dúvidas ao longo da semana, optou, também, por colocar o homem mais avanaçado. Marcelo Grohe, Madson, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez estiveram na linha defensiva; Jaílson, Maicon, Ramiro, Luan e Everton formaram o meio, com Jael na referência.

Tempos distintos e vitória tricolor no Beira-Rio

Antes da bola rolar, os capitães D’Alessandro e Maicon se estranharam durante o sorteio dos lados de campo. O nervosismo, porém, parece ter causado efeito apenas na equipe anfitriã. Luan fez grande jogada pelo meio e serviu Jael na área, mas, pressionado por Marcelo Lomba, o centroavante chutou de bico para fora. Na jogada mais incisiva do Inter na etapa inicial, Edenílson carregou pelo meio e arriscou de muito longe, sem perigo ao goleiro Marcelo Grohe. Do outro lado, Bruno Cortez levava muito trabalho ao jovem Dudu, e foi, justamente, o lateral quem criou a jogada do gol inaugural. O aniversariante do dia – completando 31 anos, avançou pela ponta esquerda e cruzou rasteiro para Luan, livre, só escorar para o fundo das redes.

Atônita, a defesa colorada não conseguia parar o ataque tricolor. Em menos de 5 minutos, pelo mesmo lado esquerdo, Everton passou por Klaus, invadiu a área e sofreu forte carrinho de Víctor Cuesta. O árbitro, sem titubear, assinalou penalidade máxima. Na cobrança, Luan cobrou no canto direito de Lomba, deslocando o goleiro para o esquerdo. No último lance dos 45 iniciais, Everton recebeu de frente para o arqueiro colorado, teve tempo para pensar e finalizou para fora, desperdiçando ótima chance.

A principal dificuldade defensiva do Inter foi detectada, e, ainda no intervalo, Odair Hellmann promoveu a entrada de Gabriel Dias no lugar de Dudu, recuando o volante Edenílson à lateral-direita. Renato não modificou a equipe.

Na bola parada, o Inter achou o caminho do gol de desconto, logo aos 2 minutos do segundo tempo. D’Alessandro cobrou escanteio, Rodrigo Dourado ganhou no alto e cabeceou sem chances para Marcelo Grohe. Mesmo com o gol, a equipe mandante não parou e foi pra cima, atrás do empate. Edenílson, chutando para fora de dentro da área, após escorada do atacante Roger, perdeu boa oportunidade. O comandante gremista identificou o avanço adversário e colocou Alisson na vaga de Madson, e, em um movimento semelhante ao de Odair, recuou Ramiro para a lateral-direita.

Fato curioso e incomum, o árbitro Jean Pierre Lima sentiu dores na panturrilha direita e precisou ser substituído por Jonathan Pinheiro. O atendimento, no entanto, durou cerca de 6 minutos, gerando reclamações do lado vermelho, em função do bom momento da equipe na partida. Marcinho, buscando dar velocidade ao ataque, entrou para a saída de Roger, enquanto, na contramão, Michel ganhou minutos no lugar de Jael, para reforçar o sistema defensivo tricolor.

Sem grandes oportunidades, apenas nos acréscimos o Inter voltou a levar perigo. Nico López carregou a bola da direita para o centro e finalizou de fora da área, mas ela passou rente à trave e saiu. Antes, Geromel, com um leve desvio, tirou aquele seria o gol de empate do zagueiro Klaus. Wellington Silva também ingressou nos momentos finais, mas pouco produziu na extrema esquerda. E Marcelo Oliveira, a exemplo de Michel, fortaleceu a defesa, ingressando na vaga de Everton.

Com a vitória, o Grêmio encerrou a primeira fase do Campeonato Gaúcho na 6ª colocação, com 16 pontos. O Inter, por sua vez, terminou em 3º. com 18. Assim, o mata-mata estadual terá outros dois clássicos Grenais, a partir do próximo domingo (18), na Arena. O jogo da volta acontece no Estádio Beira-Rio.

 

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Com desfalques, Odair faz mistério quanto à escalação para o Grenal 413
“Todos sabem do nosso orçamento, por isso precisamos pesquisar bastante para qualificar o time”, diz Melo
Deixe seu comentário