Linha do tempo: a dupla Grenal e os quatro meses sem Gauchão

Última rodada antes da parada aconteceu no dia 15 de março.

Foto: Max Peixoto / FGF

O Campeonato Gaúcho retorna nesta quarta-feira (22), após quase quatro meses de paralisação. Indefinições, protocolos, negociações, exames e regras marcaram o dia a dia da dupla Grenal durante esse período. No entanto, a espera acabou. Com a liberação dos órgãos governamentais, a partir desta semana, a bola volta a rolar.

Para lembrar onde paramos e como retornaremos, confira uma linha do tempo com os principais acontecimentos do campeonato e da dupla grenal, desde a parada até este recomeço:

15/03 – Última rodada antes da paralisação – O Grêmio recebe o São Luiz e vence por 3×2. Já o Inter, visita o São José, no Passo D’Areia, e vence por 4×1.

16/03 – Gauchão paralisado por 15 dias – Uma reunião, entre FGF e dirigentes dos clubes que disputam o campeonato, é realizada para discutir os efeitos do coronavírus. Por entender que o momento não é mais seguro para manter os jogos, o Gauchão é paralisado, inicialmente, por 15 dias.

26/3 – Paralisado por tempo indeterminado – Depois da primeira paralisação por 15 dias, uma nova reunião envolvendo a Federação Gaúcha de Futebol e os clubes gaúchos da elite, decide que o Campeonato Gaúcho seja paralisado por tempo indeterminado.

27/3 – Dupla Grenal anuncia férias coletivas – Considerando o cenário de pandemia relacionada à Covid-19, Grêmio e Inter anunciam férias coletivas. A decisão inclui atletas, comissão técnica e todos profissionais vinculados aos departamentos de futebol.

15/4 – Férias ampliadas – Em definição tratada junto à Comissão Nacional dos Clubes e a CBF, a dupla Grenal decide ampliar as férias por mais 10 dias. Com isso, a data de retorno de atletas e comissão técnica fica marcada para o início do mês de maio.

5/5 – Dupla volta aos treinos – Após um novo decreto da Prefeitura Municipal de Porto Alegre, fica permitido a volta das atividades de treinamento nos clubes, desde que respeitando as regras de distanciamento. Com diversos protocolos de segurança sanitária, atletas da dupla Grenal se reapresentam para a realização de treinamentos físicos.

07/05 – Três casos positivos de Covid-19 no Grêmio – Logo após os primeiros dias de treinamento, o Grêmio anuncia que o centroavante Diego Souza e outros dois funcionários do clube testaram positivo. O jogador, que ainda não havia retornado a Porto Alegre, fica isolado no Rio de Janeiro.

12/5 – Proposta da FGF aprovada por clubes – Com aceitação unânime entre os 12 dirigentes dos cubes da serie A, é aprovada a proposta da FGF  para a retomada do Gauchão Ipiranga 2020. Com a decisão, nenhuma equipe será rebaixada este ano e serão quatro descensos em 2021.

13/05 – Redução salarial Inter – Lideranças do elenco do colorado procuram a diretoria do clube para tratar da redução em seus salários. Com isso, Inter comunica que, conforme a MP 936, acordou com o grupo de jogadores a redução de 25% nos seus vencimentos durante a pandemia.

18/06 – Protocolo de retorno é apresentado –  O presidente da FGF, Luciano Hocsman, apresenta ao governo do estado os protocolos para o retorno do campeonato no dia 19 de julho. O governo do RS, através do seu comitê e gestão de crise deve avaliar a possibilidade de retorno.

22/06 – Treinos autorizados mesmo em bandeira vermelha – Uma mudança na postura do governo do estado permite que, mesmo em regiões com bandeira vermelha (alto risco), os treinos físicos pudessem ser realizados (antes era apenas em bandeira laranja).

23/06 – Grêmio renegocia redução salarial – Depois de uma primeira tentativa de redução salarial e uma recusa por parte do elenco, o clube estabelece um diferimento de 20% dos três meses seguintes, que será devolvido em 24 parcelas a partir de 2021.

30/06 – “Futebol não é prioridade no RS” – O governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, declara que a retomada do futebol não é prioridade neste momento. A declaração foi feita durante um pronunciamento, sobre a atualização dos dados de covid-19 no estado.

– Grêmio decide levar treinos para Santa Catarina – Em virtude das restrições para a realização de atividades em Porto Alegre, o Grêmio define ajustes para levar para Santa Catarina, pensando na  realização de treinos coletivos. Criciúma é a cidade escolhida.

– Quatro atletas testam positivo para Covid-19 no Inter – Após uma rodagem de testes realizada no CT Parque Gigante, quatro atletas testam positivo. Os mesmos, não tiveram seus nomes divulgados, são assintomáticos e são afastados das atividades.

09/07 – Coletivos liberados e retorno no dia 23 de julho – Após uma reunião entre o governo do Rio Grande do Sul e a Federação Gaúcha de Futebol, a data de retorno do Gauchão é definida: 23 de julho. A partir da semana seguinte, também estam liberados os treinamentos coletivos no estado, desde com o aval dos prefeitos.

10/07 – Prefeito de Porto Alegre permite treinos coletivos na cidade – O prefeito Nelson Marchezan Jr., informa que irá seguir a linha do governo do estado e permitirá os treinamentos coletivos nos clubes da capital.

– Grêmio decide ficar em Porto Alegre – Tricolor anuncia através de uma nota, que cancelou sua ida para Santa Catarina e que seguirá em Porto Alegre para realizar os treinos coletivos. Após a liberação do governo do estado, o clube aguardava o aval do prefeito da capital, que dá a liberação.

13/07 – Renato Portaluppi retorna a Porto Alegre – Após quase quatro meses no Rio de Janeiro, e com a liberação para treinamentos coletivos, o técnico volta à cidade.

– Dois atletas do Grêmio testam positivo para Covid-19 – Com o retorno dos treinos coletivos, o Grêmio realiza imunotestes em seus funcionários, jogadores e membros da comissão técnica. Dois jogadores testam positivo para a doença. Ambos são assintomáticos e são isolados do grupo. O nome dos atletas não foi divulgado.

14/07 – FGF anuncia Grenal de retorno do Gauchão para o dia 22 – Federação Gaúcha de Futebol anuncia que a partida, que será no Estádio Beira-Rio, está marcada para o dia 22/07,  às 21h30, e será transmitida na TV aberta.

17/07 – Prefeitura de Porto Alegre veta realização do clássico e FGF passa Grenal para Caxias – A Prefeitura municipal divulga uma nota anunciando que partidas de futebol seguem proibidas na capital gaúcha, devido ao aumento da taxa de ocupação de leitos de UTI. Com a proibição, a FGF anuncia que partida será disputada no Estádio Centenário em caxias do Sul.

18/07 – Reunião às pressas e indefinições – Após uma reunião que reúne FGF e presidentes dos clubes que disputam o Gauchão, fica decidido que o restante do campeonato será decidido em campo e Grenal segue mantido em Caxias do Sul.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Gauchão 2020

Compartilhe esta notícia:

Após reunião às pressas, clubes e FGF decidem seguir com Gauchão; Grenal se mantém em Caxias do Sul
Inter treina no Estádio Beira Rio visando clássico desta semana; Galhardo é dúvida
Deixe seu comentário