Kannemann brinca sobre rivalidade entre Brasil e Argentina e garante torcida por Everton: “Vai ser bonito de acompanhar”


Por: Valéria Possamai,

O argentino Kannemann deixará de lado a rivalidade entre Brasil e Argentina nesta quinta-feira (27). Ele e os demais jogadores do Grêmio foram liberados para assistir a Seleção Brasileira contra o Paraguai, na Arena, por conta de Everton. E, o zagueiro garantiu torcida ao companheiro de time na partida pelas quartas de fina da Copa América.

“Vou torcer apenas pelo Everton hoje de noite (risos). O jogo do Brasil vai ser bonito de acompanhar”, e completou analisando a disputa entre as seleções: “Está muito parelha essa Copa América. História não ganha jogos mais. Hoje se vence com muito trabalho. No mata-mata, qualquer coisa pode acontecer. Estou torcendo muito pela Argentina”.

O zagueiro, que foi baixa nas últimas partida no time, falou sobre situação. A lesão em uma das vértebras da coluna impediu que o argentino também pudesse estar na Copa América.

“Estou me sentindo bem já. Estou realizando alguns trabalhos físicos para evitar algum choque por enquanto, mas semana que vem já começou a treinar normalmente”, destacou Kannemann em entrevista após o treino da manhã nesta quinta-feira.

Em negociação com o Racing, Montoya é ausência em treino com bola no Grêmio

Com a ausência, o jovem Rodriguez ganhou espaço na defesa e foi elogiado pelo companheiro de posição. “Ficamos felizes pelas boas atuações do Rodriguez. É um garoto que já vinha treinando bem, recebeu oportunidade e conseguiu dar conta do recado.”

Alvo de especulações no mercado, Kannemann garantiu ainda que está focado no Grêmio. “Falam muito que eu posso sair, mas estou focado no Grêmio. Procuro trabalhar firme para estar bem e sempre ajudando meus companheiros”. No início deste nome, houve repercussão dando conta de uma possível saída para o futebol argentino.  O nome do defensor já esteve na mira do Cagliari, da Itália, e Arsenal.

Foto:(Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

 

Comentários

>