José Roberto Wright sobre o Grenal 411: ”Eu expulsaria de 3 a 4 jogadores de cada lado”


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

A arbitragem mais um vez foi protagonista da 32ª rodada do Campeonato Brasileiro. No Grenal 411, o árbitro Francisco Carlos do Nascimento expulsou Edílson após o lateral desferir socos em Rodrigo Dourado. O ex-arbitro de futebol e integrante da Comissão de Análise Independente da CBF, José Roberto Wright, afirmou que o juiz do Grenal deveria ter expulsado mais jogadores. 

”Ele cometeu o erro mais elementar de um árbitro no início de carreira. Esse jogo era um jogo tranquilo de expulsar de 3 a 4 jogadores de cada lado e fazer o nome dele, colocar o nome dele em projeção. O número 33 deu não sei quantos socos na cara do outro jogador. Baseado nas imagens, ele deve ser punido com muito rigor. Então o árbitro comeu mosca, foi bobo e não teve coragem. Eu expulsaria de 3 a 4 jogadores de cada lado, impondo seu nome e sua personalidade. Mas infelizmente a arbiragem no Brasil vem caindo muito, e uma delas é a falta de personalidade do árbitro e isso não é comissão de arbitragem que faz, cada um tem a sua e o Nascimento ontem foi muito mal”. disse Wright.

 

Ao fim da 32ª rodada, houve muita polêmica pelo país afora, em especial na briga pelas primeiras colocações. Muitos lances estão sendo contestados pelos clubes, que sem conseguir bom desempenho em campo, optam pela reclamação com as regras. O erro sempre fez parte do futebol.

Ouça a entrevista:

Comentários