Jogando fora de casa, Grêmio vence o Pelotas por 1 a 0 no Campeonato Gaúcho

Pepê marcou o único gol do jogo

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

*Redação O Sul

Em partida disputada fora de casa na tarde deste domingo (8), o Grêmio venceu o Pelotas por 1 a 0, pelo Campeonato Gaúcho. O único gol do duelo foi marcado pelo atacante Pepê, com apenas 2 minutos de bola rolando. O resultado mantém o Tricolor na liderança do Grupo B do torneio, com seis pontos.

Já o adversário ocupa o terceiro lugar no Grupo A, com apenas um ponto.

O próximo compromisso do time sob o comando do técnico Renato Portaluppi na competição regional está marcado para às 11h do próximo domingo, na Arena, contra o São Luiz de Ijuí. Antes, na quinta-feira (21h) o estádio do bairro Humaitá receberá um dos confrontos mais esperados do ano: o primeiro Grenal da história da Copa Libertadores da América.

Ficha técnica

O Pelotas do técnico Luiz Carlos Winck colocou em campo Douglas Silva, Iago (Osvaldir), Pedrão, Wendel, Busanello, Felipe Guedes, Michel Schmöller, Jô (Juliano), Talles Cunha (Wallace), Hugo Sanches e Tadeu.

Já o Grêmio escalou Paulo Victor, Orejuela, Paulo Miranda, Rodrigues, Cortez, Darlan (Lucas Araújo), Thaciano, Patrick (Guilherme Guedes), Thiago Neves (Jean Pyerre), Pepê e Luciano.

Arbitragem: Lucas Horn, auxiliado por Tiago Kappes Diel e Max Vioni.

Primeiro tempo

Logo aos 2 minutos de bola rolando no estádio da Boca do Lobo, os gremistas foram efetivos e conseguiram abrir o placar. Pepê recebeu um lançamento preciso de Darlan, saiu em velocidade invadiu a área, chutando para o fundo das redes, com confiança, assinalando um golaço.

A resposta do time da casa não demorou a sair e veio com uma bomba de Felipe Guedes, que acertou a trave superior da meta defendida por Paulo Victor.

Outra chance do Grêmio veio com um escanteio. Thiago Neves colocou na área, para Rodrigues desviar de cabeça, mas mandou para fora, aos 10’. Já oito minutos depois, Orejuela serviu o camisa 10, que já na área, chutou colocado, mas a defesa fez o corte pela linha de fundo.

O Pelotas também ameaçou na etapa inicial. Aos 22’, após cobrança de lateral, Tadeu dividiu com Rodrigues e pediu pênalti, mas nada foi assinalado. Na sequência do lance, a equipe adversária finalizou a gol, obrigando Paulo Victor a fazer uma boa defesa.

Outro momento de perigo para o Tricolor foi aos 35’, quando Hugo Sanches cobrou uma falta da intermediária, fazendo com que Paulo Victor tivesse que fazer uma baita defesa, no reflexo.

O Grêmio respondeu com Patrick no minuto seguinte. O meia recebeu dentro da área e chutou, mas o goleiro defendeu, impedindo o segundo gol gremista. Mas na reta final, o Pelotas quase empatou a partida quando Tadeu desviou de cabeça para a meta, mas o arqueiro do Tricolor espalmou a escanteio.

Etapa complementar

O segundo tempo foi mais disputado, com ambas equipes no ataque. Aos 3’, Thiago Neves fez um lançamento buscando Luciano, o centroavante recebeu e tentou encobrir o arqueiro adversário, mas foi flagrado em posição de impedimento. Com 10’, a resposta do time da casa veio em cobrança de falta. Hugo colocou em curva na área e Paulo Victor caiu para defender com segurança.

Aos 22’, Thaciano fez um bom desarme e acionou Patrick na direita – o meia desceu até a linha de fundo e fez uma bonita jogada sobre a marcação adversária, mas ao jogar na área, a defensiva do Pelotas fez o corte.

Seis minutos depois, foi a vez de Luciano arrematar de longe, mas a bola saiu pelo lado esquerdo da meta. Já o time adversário também criou boas oportunidades na segunda etapa. Aos 31’, Hugo Sanches serviu Tadeu na direita, que chutou cruzado, mas Paulo Miranda cortou a escanteio.

Na reta final da partida, o Grêmio ainda tentou com Pepê e Jean Pyerre. Primeiro, o atacante fez uma jogada individual e chutou, mas a zaga cortou e sobrou para o meia, que de longa distância arrematou, mandando por sobre a meta.

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Inter vence o Brasil de Pelotas por 2 a 0, com dois gols de Patrick
Torcida do Inter esgota ingressos para o Grenal na Arena
Deixe seu comentário