Jean Pyerre marca seu primeiro gol do ano e Grêmio vence Grenal 425

Foto: Lucas Uebel/ Grêmio FBPA

Voltou. Depois de 4 meses, mais precisamente 129 dias o Campeonato Gaúcho retornou nesta quarta-feira (22). E logo de cara, com um dos maiores clássicos do mundo: o GreNal. E como sempre, mesmo sem torcida, muito disputado. No primeiro tempo chances claras de gol faltaram, mas teve pênalti desperdiçado. Marcelo Lomba pegou a cobrança de Everton. Equilíbrio foi a palavra da primeira etapa. Já no segundo, o Grêmio se deu melhor. Aos 17 minutos, Jean Pyerre abriu o placar e marcou seu primeiro gol em 2020. E a partida terminou assim: Inter 0, Grêmio 1.

Na escalação novidades. No Inter, Coudet, optou pela volta de D’Alessandro. Já Renato, sem Cortez, escalou o lateral esquerdo Guilherme Guedes, que realiza seu primeiro grenal pelo profissional. O guri logo mostrou serviço aos quatro minutos do primeiro tempo quando cruzou na cabeça de Diego Souza. O atacante gremista mandou para fora. Já o colorado buscava efetuar suas jogas justamente pelo lado de Guilherme Guedes, com Saravia. E, nos primeiros dez minutos, era o colorado que tinha uma maior posse de bola, enquanto o Grêmio esperava para buscar o ataque.

O ponteiro marcava 15 minutos quando Matheus Henrique recebeu o primeiro cartão da partida. O volante gremista chegou em Musto e foi punido. O equilíbrio prosseguiu, sem muitas chances para ambos os lados. Aos 24, Musto foi quem levou amarelo após falta em Jean Pyerre. Ele mesmo cobrou e mandou a bola para fora. Depois, aos 31, o árbitro marcou pênalti em favor do Grêmio, após Musto puxar Kannemann. Os jogadores gremistas pediram muita a expulsão do volante, mas não aconteceu. Para o comentarista de arbitragem da Rádio Grenal, Diego Almeida Real, Daniel Nobre Bins acertou na marcação. Mas o colorado tinha Marcelo Lomba! O goleiro colorado pegou a cobrança de Everton.

Os cartões continuaram saindo. Aos 37, foi o zagueiro colorado Custa que recebeu o amarelo. O jogador entrou de forma violenta em Kannemann. Depois disso, pouca coisa aconteceu. Aos 45, o árbitro deu 3 minutos de acréscimo. E logo depois, o primeiro tempo chegou ao fim.

A segunda etapa iniciou com trocas em ambas as equipes. No Inter, Musto saiu para a entrada de Lindoso e, no Grêmio, Darlan entrou no lugar de Maicon. A primeira chegada mais forte foi através de uma cobrança de falta, quando D’Alessandro foi derrubado por Kannemann. Boschilia chutou forte e colocado, Vanderlei fez uma bela defesa. Logo depois, aos nove minutos, Lindoso recebeu cartão amarelo após falta em Matheus Henrique.

Aos 15, outra chance clara do Inter. Edenílson chutou no canto e a bola passou perto da trave. Dois minutos depois foi a vez do Grêmio assustar e marcar! Após Alisson ser derrubado por Marcos Guilherme, Jean Pyerre cobrou e não desperdiçou. Na cobrança, a bola desviou em Moisés e enganou Lomba. Inter 0, Grêmio 1.

Depois da abertura do placar, ambos voltaram a fazer mudanças. D’Ale saiu para a entrada de Pottker e, no Grêmio, Pepê no lugar de Diego Souza. Aos 26, Marcos Guilherme foi punido após entrada em Matheus Henrique. Cartão amarelo! Coudet não esperou muito para voltar a trocar. Praxedes no lugar de Marcos Guilherme e Patrick no Lugar de Boschilia. Depois, aos 33, foi a vez de Renato mexer na equipe tricolor. Luciano no lugar de Everton e Thaciano entrou no Lugar de Jean Pyerre.

O colorado pressionava e seguia tentando igualar o placar. Aos 34, Pepê fez falta em Saravia e levou cartão. Chacho voltou a fazer mudanças para tentar o empate. Tirou Moisés e colocou o jovem Zé Gabriel. Renato revidou e também promoveu mudança: Paulo Miranda no lugar de Alisson. A partir daí o Inter foi para o tudo ou nada. Mas não adiantou. O Grêmio levou a melhor e venceu a partida.

 

Voltar Todas de Dupla Grenal

Compartilhe esta notícia:

Rádio Grenal inicia a transmissão do Grenal de hoje a partir das 17h
Gauchão 2020: Grêmio e Ypiranga empatam em 1 a 1 em Eldorado do Sul
Deixe seu comentário