Jael marca de falta, e Grêmio vence o Inter por 3×0; Arthur entra e marca

Foto: Site oficial

Agora é para valer: a sequência de Grenais vale classificação à próxima fase do Campeonato Gaúcho, no famoso estilo de mata-mata. Na primeira partida, ocorrida neste domingo, na Arena, vantagem tricolor novamente, no entanto, desta vez, sem levar gols em seus domínios. Para o Beira-Rio, o Grêmio leva a vantagem de 3×0, construída  com gols de Everton, Jael e Arthur.

Surpresas nas escalações e efetividade tricolor

Renato Portaluppi optou por manter Arthur no banco de reserva e contou com o retorno de Léo Moura à lateral-direita. Marcelo Grohe, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortezm completaram a linha de defesa; Jaílson, Maicon, Ramiro – que era dúvida, Luan e Everton formaram o meio-campo, com Jael no comando de ataque.

Odair Hellmann, por sua vez, ainda não tinha à disposição William Pottker, Leandro Damião, Klaus e Danilo Fernandes. Marcelo Lomba, Edenílson – improvisado na lateral, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Iago estiveram no sistema defensivo; Rodrigo Dourado, Gabriel Dias, Patrick, D’Alessandro e Marcinho formaram o meio, e Nico López foi o homem mais avançado.

Marcelo Grohe iniciou o clássico 414 fazendo mais uma grande defesa. Rodrigo Dourado, assim como no último Grenal, ganhou da defesa pelo alto e cabeceou, mas o goleiro tricolor salvou. O arqueiro tricolor, aliás, voltou a protagonizar ótima intervenção, depois que Edenílson cruzou da direita e Patrick, livre, mandou de cabeça na direção do ângulo. A bola ainda tocou no travessão antes de sair. Quando o duelo se encaminhava ao intervalo, sem o Grêmio criar boas oportunidades, Luan apareceu. O camisa 7 deixou Ramiro livre na área colorada, que cruzou raseiro para a segunda trave e viu Everton completar para o fundo das redes.

A etapa final também teve milagre no lado vermelho. Pedro Geromel se antecipou à defesa e desviou de cabeça, na cobrança de escanteio, mas Marcelo Lomba salvou. Na sequência, Renato sacou Maicon e colocou Arthur na partida. Do outro lado, Odair tirou Marcinho e deu nova oportunidade ao recém-contratado Rossi. Apesar disso, demorou menos de 1 minuto para os mandantes ampliarem o marcador. Gabriel Dias cometeu infantil falta em Luan na intermediária de defesa. Jael foi para a cobrança e, com perfeição, acertou o ângulo do goleiro colorado.

Cotado para começar o confronto, o estreante Fabiano entrou na vaga de Gabriel Dias, liberando Edenílson para o meio-campo. No lado azul, Everton sentiu dores e Alisson também ganhou chance, mas foi na jogada de Jael que a estrela do comandante gremista voltou a brilhar. O centroavante desviou lançamento e deixou Arthur livre para avançar e, de frente para Lomba, fechar a conta na Arena.

No último ato de Odair, tirou Nico López, que passou o jogo todo se movimentando sozinho, e colocou Roger. O atacante ainda tentou contribuir, desviando cobrança de escanteio para Rodrigo Dourado, na segunda trave, finalizar de muito perto e ver Grohe salvar com o peito.

A vitória por 3×0 deixa o Grêmio tranquilo para o jogo de volta, na próxima quarta-feira (21), no Beira-Rio. O clube tricolor pode perder por até 2 gols de diferença que, mesmo assim, se garante na próxima fase do Campeonato Gaúcho. O Inter, entretanto, precisa de um placar igual para levar aos pênaltis ou uma vitória por 4 gols de diferença para avançar diretamente.

Voltar Todas de Futebol

Compartilhe esta notícia:

Renato Portaluppi: “Não existe favorito no Grenal. É uma superação de ambos os lados”.
Renato exalta o grupo e prega cautela para o jogo de quarta-feira
Deixe seu comentário