Inter poderá economizar até R$ 2 milhões com saídas de jogadores ao fim da temporada

Direção do Inter já começa à preparar o território para 2022

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

Restando apenas três meses para o fim de 2021, o Inter já começa a pensar na organização do elenco para o próximo ano e para as competições que disputará em 2022. E com isso, já começa a montar a barca de jogadores que não irão permanecer no clube. Atualmente, sete jogadores estão com seus contratos no fim, e precisariam de renovação para continuar.

Marcelo Lomba, Renzo Saravia, Lucas Ribeiro, Moisés, Rodrigo Lindoso, Matheus Cadorini e Paolo Guerrero. Estes são os sete atleta que estão perto de finalizar seus contratos. Caso não renove com nenhum deles, o colorado poderá economizar uma quantia um pouco maior que dois milhões de reais.

Entre eles, apenas Moisés, Rodrigo Lindoso e Matheus Cadorini tem situações mais positivas para renovação. O volante vive boa fase e é considerado uma opção barata, assim como o centroavante, aposta do celeiro de ases. Já para o lateral, será necessário desembolsar R$ 3 milhões para tê-lo em definitivo, mesma quantia paga há pouco menos de dois anos.

Já em relação aos outros quatro, a situação é mais difícil: Lucas Ribeiro já foi avisado que não irá permanecer no clube. Marcelo Lomba e Renzo Saravia são considerados jogadores caros. Para ficar com o lateral, seria necessário gastar um valor altíssimo, referente ao seu passe fixado. Já o goleiro tem um salário alto, levando em conta que se tornou reserva da posição.

Paolo Guerrero é o mais complicado entre todos os atletas. De acordo com reportagem da Rádio Grenal, é difícil reduzir o salário do atleta em uma possível renovação de contrato. Com um salário na casa dos 800 mil reais, será difícil ver o peruano permanecendo em Porto Alegre. 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Yuri Alberto fala sobre sua parceira com Edenilson e comemora retorno de Taison: ”Um reforço muito importante para nós”
Reconstrução? Até 12 jogadores podem deixar o Grêmio para 2022
Deixe seu comentário