Inter perde para o São Paulo por 2 a 0 no Brasileirão e segue sem vencer em casa

Foto: Ricardo Duarte / S.C. Internacional

O Inter recebeu o São Paulo a noite desta quarta-feira (7) em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro e acabou superado por 2 a 0. Já são oito partidas sem vitória em casa, incluindo seis empates e duas derrotas, maior jejum em mais de 30 anos. Em 14ª lugar na tabela, com 10 pontos, o Colorado tem pela frente o clássico contra o seu maior rival, o Grêmio, neste sábado (10), na Arena.

Primeiro tempo

O São Paulo precisou de apenas dois minutos para abrir o placar no Beira-Rio. Lançado em velocidade, Rigoni driblou Daniel, recuperou ângulo e, com espaço, mandou para as redes mandantes. Veloz, o gol atordoou o Colorado, que seria vazado duas vezes nos minutos seguintes. Os tentos, porém, foram anulados por impedimento do ataque rival.

Foi na casa dos 20 minutos que o Inter encontrou seu melhor momento na etapa inicial, momento em que Caio Vidal teve duas boas oportunidades para marcar, ambas arrematadas sob forte pressão do goleiro Tiago Volpi. Pouco depois, porém, Mauricio deixou o campo lesionado, e sua ausência foi sentida até o intervalo, iniciado com placar de 1 a 0 para os visitantes.

Segundo tempo

Na volta após o intervalo, a equipe do São Paulo teve as saídas de Rigoni e Eder, para as entradas de Vitor Bueno e Rojas. E logo aos três minutos, Bueno quase fez o segundo. Ele recebeu na entrada da área, dominou e bateu no contrapé do goleiro Daniel. A bola saiu raspando a trave.

Na sequência, aos nove minutos, um golaço do São Paulo. Dani Alves cobrou falta na área. Johnny afastou de cabeça, mas Igor Gomes pegou o rebote e, de voleio, estufou a rede do Internacional, abrindo a vantagem no Beira-Rio.

O jogo passava e ambas as equipes não conseguiam mais chegar com perigo na meta do adversário. A bola ficava muito presa no meio-campo e o jogo picotado por diversas faltas. Diego Aguirre colocou Thiago Galhardo e Palacios, mas não conseguiu mudar o panorama da partida.

A partida ia chegando ao seu final sem grandes emoções. O técnico Hernán Crespo teve que mexer no São Paulo por lesão. O zagueiro Bruno Alves deu lugar a Diego Costa, enquanto Aguirre tentava melhorar a criação do Internacional, mas sem sucesso.

Ficha técnica

— Internacional: Daniel, Bruno Méndez, Pedro Henrique, Lucas Ribeiro (Saravia), Paulo Victor, Rodrigo Dourado (Rodrigo Lindoso), Johnny, Caio Vidal, Maurício (Boschilia), Patrick (Palacios) e Yuri Alberto (Thiago Galhardo). Técnico: Diego Aguirre.

— São Paulo: Tiago Volpi, Arboleda, Bruno Alves (Diego), Léo, Daniel Alves, Rodrigo Nestor (Liziero), Luan, Igor Gomes (Talles), Welington, Rigoni (Vitor Bueno) e Eder (João Rojas). Técnico: Hernán Crespo.

— Arbitragem: Bruno Arleu de Araujo (RJ), auxiliado por Rodrigo Figueiredo Henrique Correa (RJ) e Michael Correira (RJ). Quarto árbitro: Jonathan Benkenstei Pinheiro (RS). VAR (árbitro de vídeo): Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Inter

Compartilhe esta notícia:

Entenda: Miguel Ángel Ramirez é anunciado como o primeiro treinador na história do Charlotte FC
Inter completa dois meses sem vencer no Beira-Rio
Deixe seu comentário