Inter perde mais uma e se aproxima da zona do rebaixamento


Por: Kalleb França, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal

Com um primeiro tempo apático, o Internacional perdeu para o Corinthians por 1×0 diante de sua torcida. O Beira-Rio rugiu sim, em vaias e xingamentos dos torcedores ao grupo de jogadores e diretoria. Com a derrota o colorado soma 9 jogos sem vencer, somando assim apenas 2 pontos em 27 disputados e ficando perto da zona de rebaixamento. O Corinthians, com a vitória, foi aos 33 pontos e assumiu a liderança da competição nacional, pelo menos até o término da partida do Palmeiras, que se vencer o Botafogo, reassume a ponta do campeonato.

 

Primeiro tempo

 

A sonolência do time do Internacional parece não ter fim. O primeiro tempo foi sintomático. Sem movimentação e tentando exercer uma marcação mais efetiva, os jogadores do Inter pareciam desligados em campo. Com pouca movimentação e sem conseguir conter os avanços de André e Romero, a defesa colorado foi envolvida algumas vezes antes do gol do Corinthians.

Aos 15′ da primeira etapa, o Inter chegou pela primeira vez perto e esboçou uma pequena pressão, porém o único chute a gol to ataque parou em Cássio. Em seguida, a superioridade do time Corintiano passou a aparecer, com rapidez e mais solidez ofensiva, os paulistas chegaram com força mais de uma vez antes do gol, que saiu aos 41′ após cobrança de lateral de Uendel, Giovanni augusto recebeu e tocou para Romero, que encontrou Elias sem marcação dentro da área, o volante chutou forte sem chances para Marcelo Lomba. O 1×0 selou o placar no primeiro tempo e provocou vaias da torcida na saída do time para o intervalo.

 

Segundo tempo

No segundo tempo, Falcão realizou mudanças que colocaram o time colorado postado mais na frente. Um 3-5-2 foi armado com a entrada de Nico López e Sasha. Mesmo mais adiantado, o time colorado chegou duas vezes com a bola no chão de resto, praticou um futebol burocrático e lento.

Com mais posse de bola, o time não conseguiu criar nenhuma chance clara de gol, e sem poder ofensivo sofria nos contra ataques com a velocidade de Romero e André. Cristóvão Borges, promoveu a entrada de Danilo, que começou a pisar mais na bola, armar os contra ataques com mais qualidade, o que quase resultou no segundo gol do time paulista. Essa foi a tônica até o final da etapa complementar.

A derrota marcou a nona partida sem vitória e coloca o time em uma situação de grande risco. Ao final, torcedores realizaram protestos violentos, quebrando os vidros de algumas dependências do estádio. Nos últimos nove jogos do campeonato brasileiro, a campanha do time do Inter é pior do que a do lanterna América. Na próxima rodada, o confronto é contra outro desesperado, o Cruzeiro que foi derrotado hoje pelo Santos e precisa se recuperar.

 

Ficha técnica:

Craque de Bola Coca-Cola: Marquinhos Gabriel

Local: Beira-Rio.

Internacional (0): Marcelo Lomba; Ernando, Paulão, Leandro Almeida e Artur; Anselmo (Jair, aos 16min do 1º tempo), Fabinho, Seijas e Valdívia (Nico López, intervalo); Vitinho (Eduardo Sasha, intervalo) e Ariel. Técnico: Falcão.

Corinthians (1): Cássio; Fagner, Yago, Balbuena e Uendel; Bruno Henrique, Elias (Rodriguinho), Giovanni Augusto (Danilo) e Marquinhos Gabriel; Romero e André (Luciano). Técnico: Cristóvão Borges.

Gol: Elias (C), aos 41min do primeiro tempo.

Cartões amarelos: André (C); Paulão, Ariel (I). 

Pagantes: 30.098.
Menores: 2.729.
Não pagantes: 1.395
Total público: 34.222.
Renda: R$ 883.835,00.

Arbitragem: Elmo Alves Resende Cunha, auxiliado por Bruno Raphael Pires e Leone Carvalho Rocha (trio de GO).

Local: Beira-Rio.

 

Comentários