Inter garante autenticidade dos documentos: ”Fonte fidedigna”


Por: Kalleb França, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal

Depois de ser denunciado pela CBF em razão uso do documentos falsos no pedido de denúncia de irregularidades no na transferência do jogador do Vitória, Victor Ramos, o Internacional convocou uma coletiva com seu departamento jurídico para esclarecer alguns pontos defendidos pelo clube no processo. O Colorado também negou qualquer adulteração na documentação e garantiu a autenticidade dos e-mails sob suspeita.  

”Tenho que discutir no processo, mas entendo que, neste momento, depois de tudo que se disse hoje, a consequência desta nota, deste posicionamento da CBF, a consequência objetiva é que se coloca em xeque se o Inter tomou a atitude de má-fé. E quanto a isso quero deixar muito claro: o Internacional defende a autenticidade dos documentos com a maior tranquilidade. Foram provenientes de fonte absolutamente fidedigna e envolvida na transferência do atleta”, disse Daniel Cravo, um dos advogados do clube. 

Acompanhe a coletiva extraordinária montada pelo Depto. Jurídico do Inter nesta sexta:

Comentários