Inter faz mistério para o Grenal e escalação só será conhecida “minutos antes da partida”, garante vice de futebol


Por: Valéria Possamai,

O vice de futebol do Inter, Roberto Melo, foi o convidado do programa Toque Direto, da Rádio Grenal. Depois da conquista da vaga às semifinais, o time se prepara para o clássico Grenal, que ocorre neste sábado. A escalação ainda segue como mistério, e o dirigente apenas garantiu que, a definição da formação levará em conta o planejamento para a temporada.

A decisão contra o Palmeiras, na última quarta-feira, ainda em está em pauta no colorado. A atuação da arbitragem comandada por Rafael Traci é alvo de críticas.  “Acho que era um jogo tão importante, que precisava de um árbitro mais importante. Não tem como esquecer. Temos um Grenal amanhã e isso nos preocupa. Pensamos sempre em ganhar dentro de campo, mas essas coisas nos preocupa. Foi um absurdo, uma vergonha o que aconteceu. Podia ter nos tirado da competição”, declarou Melo fazendo referência sobre o lance de anulação do segundo gol do time na partida.

Em meio a euforia pela conquista da vaga às semifinais, os jogadores já tem pela frente o clássico Grenal. Por conta da sequência de jogos, levando em conta o início das oitavas de final da Copa Libertadores, que inicia na próxima semana, fora de casa, a escalação que estará em campo neste sábado ainda é mistério. Melo garante que o clube seguirá o planejamento projetado para a temporada. Contudo, a preservação dos titulares não está descartada.

“O Departamento de futebol do Inter, comissão técnica, o clube com um todo, hoje trabalha com planejamento. Já temos um planejamento, independentemente do resultado de um jogo. Temos diversas competições. Sabemos o que precisamos para seguir avançando nestas competições. Já temos ele feito (planejamento) para o Grenal. Vamos continuar com o planejamento, pode ocorrer uma ou duas mudanças”, declarou o vice de futebol.

A definição de time passa pelo treinamento desta tarde, quando a atividade será realizada com portões fechados no estádio Beira-Rio. E a escalação oficial, portanto, só será confirmada minutos antes do clássico 421. “Vão saber quem vai jogar amanhã só antes da partida. Nossa linha é de não falar, Odair vai definir. Os jogadores que tiveram a melhor condição vão ficar à disposição. Quem entrar vai fazer um grande jogo.”

Ainda no quesito planejar está o meia D’Alessandro. Por vezes questionado pelos torcedores por não atuar nas partidas longe do Beira-Rio, a situação do gringo também passa por questões consideradas estratégicas. “A questão de ser escalado é de estratégia, de planejamento. E acredito que vem dando certo. Este planejamento é feito por profissionais. Quando ele joga, vem apresentando grande desempenho.”

Em meio a janela de transferências, o departamento de futebol tem como foco manter o elenco atual. Desde a saída de Iago, o clube não deseja mais perder nenhum atleta, contudo, sabe que alguma proposta “irrecusável” pode aparecer por algum jogador. Recentemente, a direção negou investidas e garantiu a permanência de Edenilson. Na questão reforços, a situação financeira tem sido um obstáculo a ser superado.

“Todos sabem das dificuldades que o clube passa, já estamos em uma condição melhor. Mas estamos trabalhando na janela para qualificar a equipe. Não é nosso desejo. Muitas vezes não conseguimos evitar que aconteça, as vezes é uma proposta irrecusável. Recusamos todas as propostas por Edenilson. Vamos fazer todo o esforço para garantir nossa base”, declarou Roberto Melo.

 

 

Comentários

>