Inter empata com o Oeste, mas está de volta à Série A do Campeonato Brasileiro


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

Após o empate em 0 a 0 na noite dessa terça-feira, o Internacional garantiu o seu retorno a primeira divisão do campeonato brasileiro em 2018. O adversário dessa rodada 36 foi o Oeste, que ainda briga por uma vaga entre os quatro primeiros da segundona. A partida em si ficou marcada pelo pouca criatividade do time colorado, que finalizou poucas vezes a gol e foi improdutiva no confronto.

Primeiro Tempo

A primeira etapa colorada ficou característica pelos erros abusivos de passes do time e o baixo número de chances criadas. Tanto que a primeira finalização ocorreu aos 25 minutos com William Pottker após finalização do atacante da entrada da área e após uma curva a mesma saiu pela linha de fundo.

O time vermelho fazia uma partida muito mais na base da valorização da posse de bola. A equipe circulava bastante a bola pelo campo de ataque, no entanto, sem sucesso e produtividade. Mas se o lado ofensivo era franco, o defensivo se apresentava seguro até o momento.

As chances de maior perigo ocorreram na reta final do tempo inicial e foram protagonizadas pelo Oeste. Aos 36 minutos Raphael Luz recebeu lançamento de Velicka e saiu frente a frente com Danilo Fernandes. Com agilidade, o arqueiro colorado se adiantou e rompeu a finalização do atleta adversário na meia lua da área. Já a oportunidade mais clara ocorreu aos 42 minutos, mais uma vez Danilo foi exigido. William Cordeiro em jogada individual botou para o meio, ajustou a perna direita e finalizou com contundência para mais uma grande intervenção do goleiro do Inter.

Segundo Tempo

A segunda etapa parecia ser um replay da primeira, ambos os times eram pouco criativos e erravam muitos passes. Até a primeira finalização colorada na etapa complementar foi praticamente no mesmo período que o da primeira. Ela acabou ocorrendo após a primeira troca no time, mas não passou de uma mera coincidência até então. Eduardo Sasha deu lugar a Carlos. Três minutos mais tarde a substituição, o Internacional finalizou pela primeira vez aos 23 minutos. De fora da área Edenilson finalizou com força em direção a meta defendida por Rodolfo. O arqueiro da equipe paulista fez grande defesa.

O Inter parecia satisfeito com o empate, pois seguia criando pouco e trocava passes com tranquilidade. Não consegui imprimir velocidade na partida. Mas também seguia não correndo riscos e assim conseguia o resultado que já era necessário para o acesso. Para reforçar ainda mais a defesa colocou  o volante Charles no lugar de Felipe Gutierréz. Mas visando uma alternativa diferente no ataque e dar a sua última cartada, Odair Hellmann sacou Pottker e colocou Nico López. Alteração essa que foi inócua para o colorado na partida.

A última grande chance da partida foi protagonizada por Carlos. O camisa 11 puxou um contra-ataque com velocidade, tinha opções de passe nos dois extremos do campo, mas resolveu adentrar a área. O atacante adentrou a área com facilidade, mas finalizou para fora. Perdendo uma chance incrível. A melhor do Internacional na partida. Assim o jogo terminou e o placar ficou inalterado.

Com esse empate, o colorado se garantiu matematicamente na Séria A 2018. A situação atual de tabela do time é a 2° colocação com  65 pontos. O Líder é o America Mineiro que venceu o Juventude por 1 a 0 e está na liderança com 69 pontos. O próximo compromisso colorado é contra o Góias no Serra Dourada, às 17h, no Serra Dourada.

 

 

 

 

 

 

 

 

Comentários