Inter elimina o Caxias e está na final do Campeonato Gaúcho


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

Na abertura dos jogos de volta das semifinais do Campeonato Gaúcho, o Internacional foi até Caxias do Sul, na busca pela classificação. Mesmo derrotado no tempo regulamentar, o Internacional eliminou o clube grená na decisão por pênaltis e se garantiu na grande final do Gauchão.

Antônio Carlos Zago se obrigou, novamente, a realizar mudanças na escalação, em função do cartão vermelho recebido pelo lateral William no jogo da ida. Alemão foi o escolhido para ser o substituto, enquanto Lomba, Léo Ortiz, Víctor Cuesta e Uendel completaram o sistema defensivo. No meio, Rodrigo Dourado, Edenílson e Anselmo formaram o tripé de volantes, com D’Alessandro mais à frente. Nico López e Brenner fecharam o “11 inicial”.

Jogo duro

O Internacional entrou em campo com a vantagem de jogar pelo empate, mas em nenhum momento se resguardou para segurar o resultado. Logo nos primeiros minutos, o goleiro Marcelo Lomba sentiu dores ao cobrar um tiro de meta e precisou ser substituído pelo jovem Keiller. Na melhor oportunidade do Inter nos 45 minutos inciais, Dourado deixou Edenílson livre, que driblou o goleiro e finalizou no poste. A resposta do Caxias veio na forma de gol com Júlio César. Wagner fez o cruzamento nas costas de Alemão, e o atacante, de cabeça, mandou para o fundo das redes. O colorado, antes do intervalo ainda, reclamou um toque de mão do zagueiro Laércio, depois que Nico López tentou driblá-lo dentro da área.

A etapa complementar seguiu disputada, inclusive com lances ríspidos de ambas as equipes. Brenner e Uendel desperdiçaram boas oportunidades para empatar o placar, enquanto Víctor Cuesta e Léo Ortiz recebiam cartões amarelos, este último por cometer pênalti em Marlon, após sair jogando errado. Durante a confusão pela marcação do árbitro Daniel Bins, o centroavante Brenner foi expulso. Na cobrança, Gilmar bateu no canto e Keiller realizou espetacular defesa.

O comandante colorado, tentando evitar a decisão nas penalidades, colocou Valdívia e Diego nas vagas de Edenílson e Anselmo, dando mais movimentação no setor ofensivo. Apesar das mudanças, o resultado de 1×0 para o Caxias se manteve.

Nas segunda disputa de pênaltis da semana, todos os batedores converteram e não deram chances ao goleiro Lúcio. E, mais uma vez, brilhou a estrela de um arqueiro colorado. Keiller defendeu o chute de Marlon e garantiu o Internacional na grande final do Campeonato Gaúcho.

Comentários