Inter martela o jogo todo, mas não sai do zero contra o Cruzeiro no Beira-Rio


Por: Kalleb França, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal

Com boa apresentação, principalmente no segundo tempo, o Internacional não saiu do empate em 0 a 0 contra o Cruzeiro, no Beira-Rio, na noite deste domingo (29) pela terceira rodada do Campeonato Brasileiro. O colorado ocupa a nona colocação do nacional e no próximo domingo encara o Flamengo fora de casa.

 

Primeiro tempo

Com Leandro Damião desde o começo do jogo e sem os reforços anunciados no meio de semana, o colorado foi pra cima nos primeiros minutos. Na base da imposição, criou três oportunidades de marcar. A melhor delas em uma cobrança de falta de D’Alessandro, mas a bola passou por cima do gol. Já o Cruzeiro, com os reservas, sem intenção de perder o jogo e em busca de somar seu primeiro ponto no campeonato, ia se defendendo e tentando trocar passes com mais tranquilidade depois dos 20′  da primeira etapa.

Sem muita emoção e carente de velocidade, o Inter mostrou os mesmos problemas de lentidão na transição da defesa para o ataque, a recomposição já mostrou melhoras. Mesmo com superioridade colorada na posse de bola e nas chances criadas, embora poucas, o time de Odair não teve objetividade e a figura de Pottker foi muito abaixo do normal. Os mineiros, não criaram e trataram de estudar o adversário. Sem emoção, o primeiro tempo se encaminhou para o final.

Segundo tempo

Precisando da vitória dentro de casa, para amenizar os ânimos da torcida, o Inter foi pra cima. A pressão resultou em algumas chances criadas, principalmente um chute forte de Patrick e uma grande defesa de Rafael. Aos poucos o colorado foi perdendo a força e o Cruzeiro se acomodando na partida assim como fez no primeiro tempo. Com o intuito de retomar as ações ofensivas Odair Hellmann promoveu a estreia de Lucca no lugar de Damião, que não tinha condições de jogar até o final da partida.

Em um lance ocasional o zagueiro Manoel caiu por cima de Edenílson que levou a pior e foi substituído por Nico López. O colorado ganhou terreno e voltou a pressionar o adversário. D’Alessandro em uma jogada pelo lado direito, tirou do marcador e chutou forte para mais uma boa defesa de Rafael. Logo em seguida, foi a vez de Lucca apresentar o cartão de visitas com um chute forte de muito longe, a bola viajou com muita velocidade e explodiu no travessão da meta dos mineiros. Depois em uma jogada pela direita, Patrick tocou pra trás e encontrou Lucca, que chutou forte para mais uma grande defesa de Rafael.

A pressão colorada só aumentava. O Internacional fez por merecer o resultado, porém não conseguiu abrir o placar e com isso o 0 a 0 inicial não foi modificado. A grande notícia foi a estreia de Lucca que incendiou o jogo e é uma boa alternativa para o técnico Odair Hellmann. O goleiro Rafael foi quem garantiu o empate para o Cruzeiro e foi considerado por muitos o melhor em campo.

 

Comentários

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se você encontrar algo que viole os termos de uso, denuncie.

50 comentários em “Inter martela o jogo todo, mas não sai do zero contra o Cruzeiro no Beira-Rio

Comentários estão encerrados.