Inter arranca empate diante do Criciúma no Beira-Rio


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

Pressão, maus resultados e retiro em Viamão: o Internacional enfrentou mais uma prova de fogo na tarde deste sábado, no Estádio Beira-Rio. Diante de 25 mil colorados, recebeu o Criciúma e apenas empatou por 1×1, seguindo com dificuldades para vencer em Porto Alegre, pela Série B do Campeonato Brasileiro. Lucão abriu o placar para os visitantes logo no início, e Klaus empatou a partida somente no último lance do confronto.

Guto Ferreira promoveu diversas mudanças na equipe que foi ao campo. Cláudio Winck recebeu oportunidade na lateral-direita, Víctor Cuesta retornou ao miolo da zaga e Uendel reapareceu na lateral-esquerda. Edenílson e Felipe Gutiérrez reforçaram o tripé de volantes junto a Rodrigo Dourado, com D’Alessandro na armação. Nico López e William Pottker completaram a equipe.

Placar adverso e redenção nos acréscimos

Apesar do apoio do torcedor colorado, o Criciúma abriu o placar logo nos primeiros instantes. Danilo Fernandes espalmou finalização para o meio da área, e no rebote Lucão completou de voleio para o fundo das redes. A resposta do Inter veio com Nico López, pelo lado direito de ataque, finalizando muito perto da trave do goleiro adversário.

Com melhoras significativas, o time de Guto trocou muitos passes  em velocidade, mas não conseguiu reverter em gols, na primeira etapa. William Pottker marcou, após dividida de Dourado no meio-campo, mas a arbitragem assinalou impedimento do atacante. Antes do intervalo, D’Alessandro acionou o camisa 99 pelo alto, que cabeceou no canto e viu Luiz realizar grande defesa.

A superioridade colorada se manteve na segunda etapa. O Criciúma, em vantagem no placar, se limitou em defender e sair em jogadas de velocidade pelos lados. William Pottker mais uma vez igualou a partida, depois que Uendel escorou de cabeça, mas o árbitro anulou a jogada novamente. Buscando maior poder ofensivo, Guto colocou Brenner, Juan e Diego nas vagas de Nico, Gutiérrez e Cláudio Winck. Em clara oportunidade, Brenner completou cruzamento rasteiro de Uendel e acertou a trave.

Luiz ainda fez outra grande intervenção, no chute de William Pottker, antes do gol de empate. Somente aos 48 da segunda etapa, o Inter conseguiu marcar. Diego cobrou escanteio, Klaus subiu mais que a defesa e cabeceou no canto, sem chances para o goleiro e decretou a igualdade. Apesar disso, o que se ouviu ao término do árbitro foi um misto de vaias com aplausos no Beira-Rio.

Com o empate deste sábado, o Inter estaciona na sexta colocação com 18 pontos, 7 a menos que o líder Juventude. Na próxima terça-feira (11), a equipe de Guto enfrenta o Ceará, fora de casa, às 20h30. A Rádio Grenal transmite ao vivo, através do 95.9 fm, aplicativos para smartphones e site oficial.

Comentários