”Houve prejuízo ao Grêmio”, assume o presidente da Comissão de Arbitragem, Sérgio Corrêa


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

O Grêmio não tem tido uma relação boa com a arbitragem nesse início de campeonato. Com algumas polêmicas envolvendo o tricolor é fato que a diretoria não está satisfeita com as recentes atuações dos árbitros em campo. A mais recente envolve a atuação de Sandro Meira Ricci no jogo em que o Grêmio perdeu para o Vitória por 2 a 1. Buscando o esclarecimento desses fatos, Alex Bagé conversou com o presidente da Comissão de Arbitragem, Sérgio Corrêa. O presidente reconheceu que houve uma decisão equivocada na partida e que acarretou prejuízo ao Grêmio.

”Na nossa opinião, numa primeira vista houve o penal, depois numa câmera de trás, a gente percebe que não houve toque e foi uma falha da arbitragem, talvez pelo posicionamento dele não tenha visto aquela situação do jogador ter simulado. (…) Isso acabou culminando numa expulsão e isso trouxe ao clube um prejuízo sim em termos de decisão equivocada”, declarou.

Sérgio Corrêa também falou sobre o comportamento displicente do árbitro em questão e que a CBF está fiscalizando constantemente os juízes.

”Não foi uma arbitragem que nós entendemos como um padrão para o árbitro internacional. Primeiro que nós não gostamos do atraso na entrada de campo. Não é a primeira vez e já observamos em outra situações. Afinal, os árbitros não são a estrela do espetáculo, eles devem ser os coadjuvantes”, salientou o presidente.

Ouça a conversa completa:

Comentários