Herói do Grenal 431, Ricardinho destaca seu gol: “É uma coisa que não tem como explicar”

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
RS - FUTEBOL/GAUCHAO 2021 /GRENAL 431 - ESPORTES - Lance da partida entre Gremio e Internacional disputada na tarde deste domingo, no Estadio Beira-Rio, valida pela Final do Campeonato Gaucho 2021. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Na tarde desta segunda-feira (17), o atacante do Grêmio, Ricardinho autor do gol da vitória do Grenal 431 concedeu entrevista coletiva no Centro de Treinamento Presidente Luiz Carvalho. O jovem atleta da base falou
sobre o seu gol marcado, a disputa por espaço no elenco gremista e sua homenagem à seu pai e avô que faleceram recentemente.

Gol especial

Balançar as redes em um clássico Grenal é especial para qualquer jogador, mas para Ricardinho teve um peso ainda maior. O jogador passou por um drama familiar nos últimos meses, quando perdeu o pai e o avô em um intervalo de dois dias, ambos vítimas da covid-19. Após a morte de seu pai, o atacante fez uma promessa: “Falei no velório dele quando estava só eu e ele, que quando fizesse meu primeiro gol iria atravessar de joelhos o campo que estivesse jogando. Era uma coisa minha.” E completou: “Fazer um gol em uma final, em um Grenal, é uma coisa que não tem como explicar. Fiquei muito feliz. Aquilo ali (atravessar o gramado de joelhos) foi uma promessa, nem minha mãe nem ninguém sabia. Foi uma conversa minha com Deus.”

Concorrência entre os centroavantes

O substitudo imediato do Diego Souza ainda não está definido pelo técnico Tiago Nunes. A competição entre Ricardinho e Diego Churín foi também um dos temas abordados: “Essa disputa com o Churín é muito saudável entre a gente. Aprendo muito, sou muito grato em estar no profissional com 2 centroavantes espetaculares (Churín e DS). Cada dia me aprimoro mais observando eles. Cabe ao Tiago decidir quem joga.” Ainda elogiando seus companheiros, o jovem confessou ensinamentos dos mais veteranos da sua posição: “Mesmo eu não tendo as mesmas características físicas deles, eles me falam onde tenho que me posicionar na área, dentre os zagueiros. O Diego Souza me dá muitas dicas de como fazer a parede, tudo. Sempre espero ouvir e aplicar em campo.”

Grenal 432

O segundo jogo da final será disputado na Arena, no próximo domingo (23), às 16h e decidirá o campeão gaúcho de 2021. Projetando o clássico, Ricardinho salientou: “Quero deixar bem claro que todos aqui estamos com o pezinho no chão. A gente respeita muito o nosso adversário (Inter) e ganhamos o primeiro jogo, mas semana que vem tem mais uma batalha.”

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Tiago Nunes comemora virada em Grenal e fala sobre conversa com jogadores no intervalo
O que mudou do Grêmio de Renato Portaluppi para o tricolor de Tiago Nunes
Deixe seu comentário