Herdeiro da vaga de Guerrero, Rafael Sobis busca manter padrão e “acirrar” disputa pela titularidade


Por: Valéria Possamai,

Se por um lado há lamentações pela ausência de Paolo Guerrero, por outro, há sinal de oportunidade. Sem o peruano, Rafael Sobis ganha status de principal candidato à vaga no comando de ataque do colorado. A responsabilidade de substituir o artilheiro do time também ganha ares de conquista de espaço no time de Odair Hellmann.

“Vamos seguir mantendo o mesmos padrão. A mesma coisa que quando um jogador não está e que outro entra, tenta fazer. O time já tem um forma de jogar e quem entrar vai tentar manter o mesmo nível. Tudo mundo vem fazendo bem o seu trabalho. Quem tem a oportunidade, tem que jogar bem e deixar uma “pulguinha” atras da orelha do professor para que ele possa ter mais opções daqui até o fim do ano”, destacou o atacante em entrevista coletiva.

Durante entrevista nesta quinta-feira, véspera da partida contra o Vasco, o camisa 23 também falou sobre seus artifícios para “dar conta do recado” no duelo no Rio de Janeiro. O atacante soma em 20 disputados quatro gols e cinco assistências na temporada 2019. “Meus números são muitos bons, até pelo tempo de minutos de jogo que eu tive. A bola parada é uma facilidade que eu tenho. Busco sempre dar meu melhor, ajudar da melhor forma. Tenho que tentar fazer o melhor e somar. Ter bons números é o que a gente (atacantes) busca a carreira toda.”

Com a convocação de Paolo Guerrero para a Seleção Peruana, Sobis deve ganhar espaço no time nos próximos dois jogos até a parada para a Copa América. A primeira chance já é amanhã, sexta-feira, quando o Inter vai ao Rio de Janeiro encarar o Vasco, às 20h30, em São Januário.

Comentários

>