“Há uma questão que é básica e fundamental: a vida humana”, diz Beto Carvalho, Diretor-executivo de marketing do Grêmio

Beto Carvalho, diretor-executivo de marketing do tricolor.

Foto: Rodrigo Fatturi/Divulgação/Grêmio

O Grêmio lançou, na manhã desta quinta-feira (14), os seus novos uniformes para a temporada de 2020. Em parceria com a Umbro, fornecedora de material esportivo do clube desde 2015, foram anunciados o fardamento tricolor e também o branco que, neste ano, ganhou listras azuis. Conforme a empresa, as camisetas homenageiam a garra dos gremistas, por meio da frase “É Puro Sentimento”. Em entrevista exclusiva a Rádio Grenal nesta quinta (14), Beto Carvalho, diretor-executivo de marketing do tricolor, comentou sobre o novo lançamento do clube e salientou que houve um crescimento significativo nas vendas online do site.

“A Umbro manda para nós o modelo com antecedência. Colocamos isso para aprovação interna, com várias pessoas. Esse modelo era para ser lançado no dia 25 de março, e um jogo. Tivemos que adiar. Crescemos a venda online em 5 vezes. Eu acho que pós-pandemia o consumo de venda online vai continuar em um nível maior do que antes, porque muita gente passou a fazer isso e viu como é fácil”, explica.

Entretanto, os novos produtos não agradaram a todos, o que também já era esperado por parte do marketing do clube que aguarda o retorno dos campeonatos para uma maior aceitação por parte dos demais torcedores. “Quando você lança e não se vê os jogadores jogando, não se sente, não se toca, fica prejudicado o julgamento. Com fotos, é natural algumas pessoas não gostarem, mas esperamos que quando se volte o futebol, a camisa vá crescer”, frisa.

Comercialização dos novos uniformes

A camisa tricolor tem gola V e um tecido diferenciado nas costas, um pouco maior do que na parte da frente. A peça ainda tem um leve recorte lateral, o que facilita o caimento e o ajuste na camiseta no corpo do atleta. Já o fardamento branco, além da novidade de ser listrado em azul claro na parte da frente e nas mangas, também conta com um caimento melhor e se adequando ao corpo do jogador.

Uma das camisas mais criticadas pelo torcedor, foi justamente o uniforme branco. Sobre a camisa 2 lançada pelo clube, o diretor-executivo de marketing explica: “Ela é branca, com um leve tom em “gelo”, podemos dizer assim. Ficou muito bonita também. Quando se ver ela de perto, vocês vão ver que é algo novo, e que vai crescer, não tenho dúvida alguma. Uniforme nosso tem que ter apenas as cores azul, preta e branca. Vocês não ver uniforme que não tenha essas cores”.

Os torcedores podem adquirir os uniformes na gremiomania.com.br, pelos valores R$ 319,90 (atleta) e R$ 259,90 (classic). As novas peças também são lançadas na versão feminina, ao custo de R$ 249,90 (atleta) e R$ 199,90 (classic). Na aquisição de qualquer um dos modelos, o sócio com a mensalidade em dia ganha 20% de desconto. “A questão preço é a Umbro que impõe. É um produto deles, quando assinamos em 2015 o contrato estava muito claro que a política de venda é da Umbro”, pontua Beto Carvalho.

Máscaras personalizadas

A diretoria do Grêmio anunciou nessa terça-feira, 11, que a comercialização das máscaras estilizadas do clube possibilitou a execução da segunda etapa do projeto que previa atender às comunidades carentes que residem no entorno da Arena. O lucro de venda dos equipamentos de segurança oportunizou a compra de 8,5 toneladas de alimentos, que serão distribuídos entre entidades assistenciais nos bairros Humaitá, Farrapos e Navegantes.

Para ajudar no combate ao novo coronavírus, a direção criou no início do mês passado máscaras estilizadas. As vendas foram um sucesso, tanto que o primeiro lote do produto, comercializado apenas de forma virtual, esgotou-se em apenas três dias. Fabricadas com dupla camada de tecido, na frente poliamida e 85% de lycra e com forro 100% algodão, as máscaras possuem fibras antialérgicas e atóxicas, podendo ser esterilizadas e reutilizadas, seguindo a indicação correta de lavagem. “Todo o lucro desta venda foi para isso. O Grêmio não ficou com nada. Foi uma ação eminentemente social”.

Retorno das competições

Ainda sem data definida para o retorno dos campeonatos futebolísticos, o Grêmio é um dos clubes que manteve os treinamentos visando trabalhar a parte física e técnica dos atletas. O desejo pelo retorno das competições é uma questão que paira pela cabeça de todos os envolvidos em uma partida. Mesmo sem previsão, o clube entende que é necessário priorizar a saúde dos jogadores para que, quando o futebol retornar, todos estejam em perfeitas condições físicas. “Há uma questão que é básica e fundamental: a vida humana. Isso não podemos colocar em debate. Mas óbvio que esperamos que, dentro de uma segurança, o futebol possa voltar o quanto antes”, salienta.

O diretor-executivo de marketing do clube foi um dos casos de coronavírus confirmados no Grêmio. Beto afirmou que não foi fácil, tendo em vista que, por vinte dias, conviveu com todos os sintomas. “Passei por isso, e não é fácil. Deitar à noite e não saber como você vai acordar. Eu tive praticamente todos sintomas, durante 20 dias”, finaliza.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grêmio faz primeiro treino com bola após retomada das atividades
Presidente do Grêmio vê perspectiva de retorno do Gauchão servindo como “laboratório” ao futebol nacional
Deixe seu comentário