Gurias Gremistas acabam superadas pelo Corinthians na Arena

Foto: Fernando Alves / Grêmio FBPA

Em partida histórica, as Gurias Gremistas tiveram o palco da Arena para enfrentar a equipe do Corinthians no último domingo (25). Mas as mandantes saíram no prejuízo, já que as corintianas aplicaram uma goleada de 3 a o sobre a equipe da técnica Patrícia Gusmão. Com a equipe um pouco modificada devido aos casos de covid-19 diagnosticados na última semana, a técnica Patricia Gusmão escalou Raíssa, Sinara, Bruna Flôr, Ana Alice, Rebeca, Pri Back e Tchula, Mayara,  Ju Oliveira, Gisseli Mariano e Karol Lins.

A partida iniciou equilibrada e muito disputada no meio-campo. Mas a primeira chegada ao ataque foi das adversárias aos 3 minutos, quando Tamires recebeu na meia direita e fez um cruzamento na pequena área, mas Raíssa saiu do gol para fazer a defesa. A vez do Grêmio de chegar ao ataque foi aos 7 minutos, com Rebeca acionando Gisseli Mariano no meio, na intermediária. A camisa 11 tentou uma enfiada de bola na área, mas a goleira fez a defesa. Minutos depois, foi a vez de Gisseli Mariano tabelar com Karol Lins e tentar a finalização, mas a zaga fez o corte.

Com 11 minutos jogados, as gremistas tiveram uma chance em cobrança de escanteio. A bola foi colocada na boca do gol, afastada pela defesa, que após o lance cometeu falta sobre as gremistas. Na cobrança, Pri Back chutou, a bola explodiu na barreira e chegou a Rebeca, que finalizou em curva, mandando muito perto da meta, mas ela saiu à esquerda.

Com a partida favorável para as paulistas, aos 20 minutos, elas conseguiram efetividade e, depois de uma falha defensiva, abriram o marcador. No lance, a bola sobrou para Giovanna Crivelari, que na frente da área chutou, deslocando Raíssa e marcando o primeiro gol paulista.

Passados 30 minutos, as adversárias mais uma vez chegaram bem, agora com um chute forte de Adriana na meia direita. Raíssa se atirou para fazer a defesa e impediu o gol corinthiano. Cinco minutos depois, o Tricolor tentou responder com Gisseli Mariano, pela esquerda. A camisa 11 fez uma jogada individual, passou por duas marcadoras, mas o chute saiu fraco e a bola ficou com Lelê, que defendeu.

Aos 40 minutos, o Corinthians ameaçou com Adriana, que invadiu a área e cruzou fechado, para mais uma boa defesa de Raíssa, que segurou firme.

Já os acréscimos, a resposta gremista: Ju Oliveira teve a grande chance de igualar o placar, quando Karol Lins girou em cima da marcação e serviu a atacante, que estava chegando na bola, mas a goleira Lelê se antecipou e defendeu.

O Grêmio voltou igual para a etapa complementar, mas os minutos iniciais não foram bons para o Tricolor. Aos 4 minutos, pelo lado esquerdo, o Corinthians fez um cruzamento na área e Ana Alice acabou desviando de cabeça, enganando a goleira Raíssa – a bola acabou no fundo das redes e surgia ali o segundo gol paulista. No minuto seguinte, as adversárias conseguiram marcar o terceiro, com Giovanna Crivelari. O lance se desenhou com um cruzamento preciso de Portilho para a atacante, que finalizou livre.

Aos 13 minutos, a técnica Patrícia Gusmão fez a sua primeira alteração na equipe, tirando Mayara para colocar Eudimilla. Trabalhando pela esquerda, Eudimilla abriu para Ju Oliveira, que acionou Pri Back mais ao meio. A camisa 7 chutou, mas mandou à direita da meta paulista.

O Tricolor tentou descontar em lances de contra-ataque. Em um deles, Pri Back acionou Gisseli Mariano, que abriu para Ju Oliveira, mas ao final, a defesa paulista cortou o lance.

Outras três substituições foram promovidas: Jé Alves e Marta ocuparam os lugares de Ju Oliveira e Karol Lins. Ana Alice, que sentiu um mal estar durante a partida, precisou de atendimento da ambulância e também acabou substituída por Yasmin.

Na reta final da partida, o Tricolor ainda tentou com Marta, que desceu pela esquerda e chutou, deslocando a goleira Lelê. A bola explodiu na trave, mas a atacante estava impedida.

Do outro lado, o Corinthians tentou ampliar com Grazi, que finalizou de primeira um cruzamento que recebeu dentro da área, mandando por sobre a meta.

A técnica Patrícia ainda promoveu uma última substituição, colocando Karina no lugar de Gisseli Mariano, mas não houve tempo para a mudança no marcador.

Com o resultado, o Tricolor viaja para São Paulo em desvantagem para a decisão das quartas de final.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Renato comemora vitória com os reservas e ressalta: ”Grêmio jamais vai largar o Campeonato Brasileiro”
Após vitória fora de casa, Grêmio retoma treinamentos com foco no Juventude
Deixe seu comentário