Guerrero diz ter ‘fome de gol’ e destaca importância do Inter voltar a vencer fora: “Temos que jogar com a mesma vontade”


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal
*Por Bárbara Assmann

 

O Internacional já viajou para o Uruguai, pois tem um confronto importante pela Libertadores: oitavas de final contra o Nacional. Porém, o histórico de confrontos fora de casa não está bom. O Colorado não vence longe do Beira-Rio desde o dia 29 de maio, contra o Paysandu, e Guerrero tem consciência disso. “Temos que jogar com a mesma vontade que jogamos em casa, com disciplina e concentração”, garante.

O camisa 9, em coletiva, cobrou uma maior organização da equipe, já que a competitividade é marca do adversário, segundo ele: “A gente sabe que times uruguaios são sempre bastante competitivos. A gente também tem que fazer isso, e jogar nosso futebol.” O atleta peruano também elogiou a equipe colorada: “Estou muito feliz de fazer parte deste grupo, porque meus companheiros me ajudam bastante dentro de campo.”

Além dele, também há outros jogadores com “fome de gol” como ele se descreveu. É o caso de Nico López, que não marca há 17 partidas, desde o dia 3 de abril. Guerrero falou sobre o companheiro, que já jogou no adversário desta quarta. “Nico [López] está com tesão de enfrentar o Nacional. Ele quer fazer o gol, tentando chutar de longe, que é o melhor que ele tem”, disse o 9.

O confronto entre Inter e Nacional será na quarta-feira (24), no estádio Parque Central, no Uruguai. Já a partida da volta, no Beira-Rio, acontecerá no dia 31 de julho.

(Foto: Rádio Grenal)

 

*Estagiária sob supervisão de Marjana Vargas 

Comentários

>