#GrenaldasAméricas: o que projetam os técnicos da dupla sobre o clássico

Partida ocorre nesta quinta-feira, na Arena

Foto: Arte sobre Ricardo Duarte/S.C.Internacional e Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Após a segunda rodada do Campeonato Gaúcho, tudo passa a ser Grenal para Grêmio e Inter. Depois do final de semana com vitória sobre a dupla Bra-Pel, os próximos dias serão de preparação para o primeiro clássico da história na Copa Libertadores e, que, vale a liderança do Grupo E. Confira o que já projetaram os comandantes da dupla para o segundo enfrentamento do ano.

Apesar de estarem um locais opostos – Beira-Rio e Boca do Lobo -, a questão da rivalidade que envolve o clássico foi um dos pontos em comum no discurso dos dois comandantes que destacaram, igualmente, em suas falas, a expectativa por “um jogo bonito”.

“Isso é bom para o futebol gaúcho, para vocês da imprensa, para as duas torcidas, dois grandes clubes disputando a Libertadores. É um Grenal, sabemos da responsabilidade de estar disputando uma competição como essa, contra o nosso maior rival. É rivalidade, é um jogo bonito, casa cheia, ganha todo mundo com isso”, declarou Renato.

Já em seu segundo clássico, em apenas 13 jogos no comando do Inter, Eduardo Coudet já destacou que serão dias ‘diferentes’ até a quinta-feira, data da partida.

“É uma semana especial, pois temos um lindo jogo com o nosso maior máximo rival. Será uma semana linda”, avaliou Coudet.

Até o dia do jogo, serão três dias de treinamentos para ambas as equipes, onde os dois técnicos definirão os 11 iniciais para o primeiro clássico Grenal da Copa Libertadores da América.

 

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de GRENAL 424

Compartilhe esta notícia:

Torcida do Inter esgota ingressos para o Grenal na Arena
Mais de cinco meses após lesão, Jean Pyerre comemora retorno aos gramados
Deixe seu comentário