Grêmio vence o Bahia por 2 a 0 no Campeonato Brasileiro e fica a 1 ponto de deixar a zona de rebaixamento

O triunfo deixa os gaúchos momentaneamente na 17ª colocação na tabela de classificação, com 16 pontos

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grêmio recebeu o Bahia na noite deste sábado (21) em jogo válido pela 17ª rodada do Brasileirão e, pela primeira vez na competição, emendou duas vitórias consecutivas. A última havia sido sobre o Cuiabá. Com um gol já no fim do jogo, os donos da casa superaram o adversário por 2 a 0. O triunfo deixa os gaúchos momentaneamente na 17ª colocação na tabela de classificação, com 16 pontos. Sport Recife e América-MG ainda jogam nesta rodada e podem ultrapassar os comandados de Felipão em caso de vitória.

Os gols da partida foram marcados por Borja e Diego Souza na segunda etapa. O próximo jogo do Tricolor pelo campeonato nacional será diante do Corinthians, no próximo sábado (28), na Arena, em Porto Alegre. Antes, na quarta-feira (25), o desafio será contra o Flamengo de Renato Portaluppi, na primeira etapa das quartas de final da Copa do Brasil. A vaga às semifinais do torneio será definida na semana seguinte, no Maracanã.

Jogo

A partida demorou pouco tempo para ganhar o primeiro lance de perigo. Logo no minuto inicial, Rossi recebeu pela direita, levou para o meio e tabelou com Rodriguinho. O camisa 7, mesmo sem ângulo, tentou o gol, mas errou o alvo.

Mesmo fora de casa, o Bahia não se acanhou e tentou impor o seu jogo diante do Grêmio, que encontrava dificuldades para criar. Assim, aos oito minutos, Nino Paraíba encontrou Rodriguinho, que avançou pelo meio e finalizou. A bola passou à esquerda de Gabriel Chapecó.

Depois dos 15 minutos inicias que contaram com domínio do Bahia, o Grêmio passou a se impor jogando em casa. Desse modo, o Tricolor gaúcho subiu suas linhas de marcação e trocou passes para conseguir arrumar espaço na compacta defesa adversária.

Sem conseguir invadir a área adversária, o plantel comandado pelo técnico Felipão arriscou algumas vezes de longe, mas quando a bola não saiu longe do alvo, os defensores do Bahia conseguiram bloquear as finalizações.

​Até os acréscimos, o jogo continuou sendo controlado pelo Grêmio, que seguia com a bola e buscando espaços. Aos 42 minutos, Rafinha apareceu de surpresa pelo meio, recebeu de Douglas Costa e finalizou. Matheus Teixeira caiu no canto direito e evitou o gol na melhor oportunidade dos donos da casa.

Por outro lado, o Bahia seguiu apagado no duelo, ficando pouco com a bola e desperdiçando a posse quando teve.

A volta para o 2° tempo continuou refletindo o domínio do Grêmio com a bola, mas, diferentemente do que aconteceu na etapa inicial, a equipe gaúcha conseguiu chegar com perigo e logo foi às redes.

Aos três minutos, Rafinha foi acionado pela direita e cruzou de primeira, mirando a segunda trave. Na disputa com Nino Paraíba, Borja chegou na frente e não deu chances para Matheus Teixeira, fazendo 1 a 0 para a equipe da casa na Arena.

Mesmo depois do gol, o Grêmio continuou criando as principais oportunidades. Lucas Silva e Alisson tentaram ampliar o marcador. O primeiro aproveitou contra-ataque rápido e finalizou para defesa firme de Matheus Teixeira. O segundo tentou emendar uma sobra de bola, mas errou o alvo.

Com o tempo, o Tricolor gaúcho diminuiu o ritmo e ficou à espreita para tentar aproveitar os contra-ataques. Em um deles, Borja tentou o chute, mas escorregou.

​Com as linhas do dono da casa baixas e precisando do resultado, o Bahia se lançou ao ataque buscando o empate, mas ficou no quase, aos 26 minutos. Após sobra na área, Raí ficou com a bola à sua frente para finalizar. Contudo, o jovem pegou firme na bola e acabou mandando por cima do gol.

Sem muita criatividade, o Bahia abusou dos erros e se entregou ao desespero. Como resultado, deixou espaços no seu campo defensivo. Aos 49 minutos, o Grêmio conseguiu encaixar o contra-ataque mortal em arrancada de Lucas Silva, que serviu Diego Souza. Ao trancos e barrancos, o centroavante saiu na cara de Matheus Teixeira e fechou o placar em 2 a 0.

Ficha técnica

— Grêmio: Gabriel Chapecó, Rafinha, Ruan, Rodrigues, Bruno Cortez, Lucas Silva, Villasanti, Douglas Costa (Jhonata Robert), Alisson (Fernando Henrique), Borja (Diego Souza) e Léo Pereira (Luiz Fernando). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

— Bahia: Matheus Teixeira, Nino Paraíba, Conti, Luiz Otávio, Matheus Bahia, Raniele (Jonas), Patrick de Lucca (Raí), Daniel (Maycon Douglas), Rossi (Rodallega), Lucas Mugni e Rodriguinho (Gilberto). Técnico: Bruno Lopes.

— Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Lorival Cândido das Flores e Jean Marcio dos Santos. Quarto árbitro: Rafael Rodrigo Klein.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grêmio x Bahia: Escalações, momentos, arbitragem e transmissão
Felipão elogia Lucas Silva e diz que Borja e Diego Souza podem jogar juntos
Deixe seu comentário