Grêmio vence, mas não se classifica para a final do gauchão


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

Grêmio e Juventude se enfrentaram na tarde chuvosa deste domingo (24) na Arena do Grêmio pelo jogo de volta da semifinal do campeonato gaúcho. A equipe da Serra ficou com a vaga para a final contra o Internacional, mesmo perdendo por 3×1, pois marcou um gol fora de casa.

 

1º Tempo

 

A partida havia começado como todos esperavam. O Grêmio em cima do adversário e com muita movimentação e pressão.  logo aos três minutos de partida, Luan fez o pivô  para Walace, o volante chutou de muito longe, a bola fez uma bela curva e balançou as redes do time de Caxias do Sul. Estava anotado o primeiro gol para o Grêmio.

Com muita pressão, o time de Roger continuou atacando por todo o primeiro tempo, com muita movimentação, o ataque gremista chegava pelos lados e pelo meio com muita frequencia. Sem conseguir conter as tentativas de ataque do tricolor, o time caxiense se manteve dentro de sua área, com o objetivo de tentar escapar em algum contra-ataque bem armado. Porém, eram 40′ da primeira etapa e nenhum havia surgido.

A estratégia do grêmio era evidente, tentar ir par o vestiário com dois a zero anotado no placar, aos 42′ a bola sobrou para Walace, desta vez  o volante não deixou quicar e chutou forte, porém a bola, que passou muito perto, ficou em cima da rete pelo lado de fora, aos 44′ foi a vez de Luan fazr boa jogada e chutar com força, o goleiro Elias fez boa defesa.

 

2º Tempo

 

O segundo tempo começou como terminou o primeiro. E logo a um minuto da etapa complementar, uma bela tabela e o ataque gremista entrou a àrea, Giuliano marcou com um belo chute. 2×0 anotado.

Menos de um minuto depois, o Juventude pegou o Grêmio fora do lugar e Roberson chutou de fora da área, a bola desviou em Bressan e tirou o Marcelo Grohe do alcance da bola. 2×1 anotado no placar, e o tricolor precisava agora de mais dois gols para ficar com  vaga para a final eram apenas 3′ do segundo tempo.

Roger tirou Bobô e colocou Bolaños, o equatoriano recebeu a bola de Giuliano após grande jogada pelo lado direito e cruzamento rasteiro para dentro da área, de carrinho Bolaños empurrou para dentro das redes de Elias, eram 13′ do segundo tempo e o 3×1 estava anotado faltava apenas um gol para o tricolor se classificar.

 

Pressão

 

O Grêmio seguiu pressionando durante todo o segundo tempo, Douglas colocou a bola no travessão um pouco antes de sair de campo para dar lugar para Henrique Almeida. O camisa 9, perdeu um gol feito dentro da pequena área. No final do jogo, Marcelo Grohe abandonou a meta e ficou pelo menos 3′ dentro da área do adversário.

Mesmo exercendo uma pressão enorme e marcando os três gols que precisava para se classificar. O gol de Roberson do Juventude, colocou o time da serra na final devido ao critério de gol qualificado. A equipe gremista se prepara agora para as oitavas de final de Libertadores da América, onde tem jogo decisivo contra o Rosario Central.

 

 

Ficha técnica:

 

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data:
24 de abril de 2016, domingo
Horário: 16 horas (de Brasília)
Árbitro: Jean Pierre Lima (RS)
Assistentes: Leirson Martins e Michael Stanislau (ambos do RS)
Cartões amarelos: Bressan, Fred e Ramiro (Grêmio); Hugo, Dieguinho, Bruno Ribeiro e Lucas (Juventude)
Cartão vermelho: Hélder (Juventude)

GOLS:
GRÊMIO: Wallace, aos três minutos do primeiro tempo, Giuliano, ao 1º minuto do segundo tempo, e Bolaños, aos 12 minutos do segundo tempo
JUVENTUDE: Roberson, aos dois minutos do segundo tempo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Ramiro, Bressan, Fred e Marcelo Oliveira; Walace (Lincoln), Maicon, Giuliano, Douglas (Henrique Almeida) e Luan; Bobô (Miller Bolaños)
Técnico: Roger Machado

JUVENTUDE: Elias; Hélder, Klaus, Heverton e Pará; Itaqui (Lucas), Wanderson, Bruno Ribeiro e Hugo (Wallacer); Dieguinho (Vacaria) e Roberson
Técnico: Antônio Carlos Zago

Comentários