Grêmio vence de virada o São Luiz na Arena pelo Campeonato Gaúcho, em jogo sem torcida e com protestos

Foto: Lucas Uebel | Grêmio

O Grêmio venceu por 3 a 2 de virada o São Luiz na Arena neste domingo (15) em partida válida pelo Campeonato Gaúcho marcada para as 11h, mas, devido ao coronavírus, sem público. Os jogadores e o técnico do Grêmio entraram em campo com máscaras em protesto pela não interrupção do campeonato. Quem marcou primeiro foi o São Luiz, primeiro com Michel, bem no início do jogo. Depois, aos 18, Jean Carlo ampliou. Os gols do tricolor foram marcados por Paulo Miranda, no final do primeiro tempo, e por Thiago Neves e Diego Souza, no segundo, fechando a virada.

Protesto

Em protesto contra a continuidade dos jogos e sem público, os jogadores e o técnico do Grêmio entraram em campo com máscaras.

Matheus Henrique foi um dos que abordou o tema do coronavírus. “É ruim jogar sem torcida, sou favorável que o campeonato seja paralisado. O vírus é muito perigoso para todos”, disse o jogador na zona mista.

Depois do jogo o técnico Renato criticou a continuidade do campeonato. “Os jogadores não são imunes. Não adianta não ter público”, afirmou. Também afirmou que é necessário responsabilidade e que o futebol em todo o País deveria ser paralisado e chegou a aventar a possibilidade de uma greve dos jogadores.

A delegação do São Luiz também havia manifestado antes mesmo da partida contrariedade.

O jogo

A primeira etapa não começou bem para os gremistas. Aos 20 segundos de partida, o time do noroeste do Estado abriu o marcador com Michel, que recebeu na área depois de uma cobrança de lateral e chutou. Vanderlei defendeu, mas no rebote o camisa 9 mandou para o fundo das redes.

O Grêmio buscou correr atrás do placar e criou uma boa chance aos 10’, em uma jogada de contra-ataque. Pepê deu um baita passe para Everton que arrancou pela meia direita, foi a linha de fundo e cruzou para trás. Thiago Neves chegou, mas a bola passou raspando a trave direita.

Com 18 minutos, o São Luiz ampliou o placar, com Jean Carlo, que recebeu um passe, carregou até área, deslocou a marcação e finalizou. Vanderlei defendeu parcialmente, mas o meia levou melhor, recuperou e marcou o segundo gol.

Próximo aos 30’, o Tricolor tramou boa jogada com uma tabela de Jean Pyerre e Cortez, pela esquerda, mas o último passe do meia saiu longo demais e a bola se perdeu pela linha de fundo. No lance seguinte, Everton alçou na área e Luciano desviou de cabeça.

Já aos 33’, depois de jogada coletiva, Matheus Henrique deixou Everton de cara com o gol. O atacante chutou de primeira, mas pra fora, perdendo a chance de descontar no placar. Três minutos depois, mais uma chance: Everton fez um cruzamento na área, na cabeça de Luciano, que ganhou da marcação e desviou, mas Lúcio salvou quase em cima da linha. Outra oportunidade saiu dos pés de Jean Pyerre, que arriscou chutar colocado.

Nos acréscimos o Grêmio chegou ao gol, mas o lance foi anulado. Bruno Cortez fez um cruzamento rasteiro da esquerda para Luciano. O centroavante mandou para o fundo das redes, mas antes foi flagrado em posição de impedimento.

Só que ainda houve tempo para o Tricolor. Aos 48’, depois de um cruzamento da direita, Paulo Miranda apareceu na área e converteu de cabeça para o fundo do gol, descontando o placar e fechando a etapa inicial.

O Grêmio voltou melhor no segundo tempo, com maior posse de bola e mais ofensividade, mas o São Luiz se fechou e intensificou a marcação. Com 7 minutos, Matheus Henrique recebeu no meio com liberdade e chutou, mas mandou a esquerda da meta. Aos 16’, os visitantes chegaram com Lucas, que da entrada da área mandou forte para o gol, obrigando boa defesa de Vanderlei.

O Tricolor conseguiu chegar ao empate com Thiago Neves, aos 19’. No lance, Pepê acionou Thaciano na direita e ele cruzou para o camisa 10 na área. Thiago Neves recebeu e mandou para o gol, deixando tudo igual na Arena.

Aos 32’, mais uma oportunidade gremista. Depois de escanteio, Jean Pyerre recebeu no meio e chutou colocado, mas o goleiro conseguiu defender.

E veio a virada. Aos 35 minutos, em cobrança de falta, Diego Souza marcou o terceiro gol do Tricolor. O centroavante chutou em cima da barreira, a bola voltou para ele, que arrematou de canhota, para o fundo das redes.

A partir daí, o Tricolor passou a administrar o resultado, trocando passes e mantendo o controle do jogo. Nos acréscimos quase assinalou o quarto. Thaciano puxa o contra-ataque e serviu Jean Pyerre. O meia colocou Everton livre, ele chutou, mas perdeu. Logo em seguida, Jean acertou a trave.

Com o resultado, Grêmio soma mais três pontos na competição, chegando a 9, liderando o Grupo B.

Ficha técnica

Grêmio – Técnico Renato Portaluppi

Vanderlei, Kannemann, Paulo Miranda, Orejuela (Jean Pyerre), Cortez, Matheus Henrique, Thaciano, Thiago Neves (Diego Souza), Pepê, Everton, Luciano (Darlan Mendes).

São Luiz – Técnico Piccoli

Lucio, Lucas, Sílvio, Itaqui, João Paulo, Jadson, Elias (Rafael), Maycon, Michel (Duda), Jean Carlo, Samuel (Mateus Totô).

Arbitragem

Árbitro: Jonathan Pinheiro; auxiliar 1: Eduardo Bernardi; auxiliar 2: Fagner Bueno Cortes.

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Arena divulga orientações para ressarcimento de ingressos da partida entre Grêmio e São Luiz
Grêmio protesta e pede suspensão do Campeonato Gaúcho
Deixe seu comentário