Especulado na Europa, Grêmio trabalha para ter Pepê até final da Copa do Brasil

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

A saída de Pepê para o futebol europeu pode estar cada vez mais perto. Quase 5 meses após vender seu antecessor, Everton, o Grêmio agora precisa ficar em alerta com o interesse de clubes do velho continente em Pepê. No entanto, o Tricolor gaúcho tenta manter o jovem até as datas da final da Copa do Brasil, que estão marcadas para 3 e 10 de fevereiro.

Ainda assim, o presidente Romildo Bolzan entende que há reposição no elenco atual e nas categorias de base do clube. Por outro lado, a principal proposta que pode surgir é do Porto. O clube português quer tirar Pepê do Grêmio pela segunda janela de transferência em sequência. O Zenit, da Rússia, também demonstrou interesse no jogador, e de acordo com a informação do jornalista André Hernan, também houve sondagem do Real Madrid.

Todas são propostas ainda possíveis, já que a oferta oficial não aconteceu. Ao menos foi o que disse Romildo Bolzan, após o empate com o São Paulo que garantiu a vaga na final da Copa do Brasil.

”A primeira coisa que tem que acontecer é ele receber a proposta. Não vamos fazer um raciocínio de que se o Pepê sair, se tiver proposta, ele sairá no final de janeiro. Temos o mês de janeiro ainda para jogar. Não temos proposta, nenhum clube interessado oficialmente, não temos nada que possa sofrer por antecipação. Vamos aguardar as coisas acontecerem.”, disse o presidente.

A tendência é que o Porto fique mais à frente nas negociações e faça uma proposta em torno de 15 milhões de euros pelo jogador de 24 anos. Internamente, o jogador é considerado essencial no plantel que disputará a final da Copa do Brasil contra o Palmeiras.

Ainda em outubro, durante a janela europeia, houve movimentos e especulações de times como Atalanta, WolverHampton e Sevilla, mas nada se concretizou. Afinal, sua multa rescisória é de 150 milhões de euros. Recentemente o atacante renovou contrato até o fim de 2024 com o Tricolor, que detém 70% dos direitos econômicos do atleta. Os outros 30% são do Foz do Iguaçu, clube no qual o Tricolor foi buscá-lo em 2016.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Sem acordo entre Grêmio e Cruzeiro, Orejuela deve retornar à Minas Gerais
Em início das tratativas de renovação, Geromel se reapresenta com restante do elenco nesta segunda
Deixe seu comentário