Grêmio se manifesta sobre episódio de Renato Portaluppi em praia do Rio de Janeiro

Foto: (Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Por meio de nota oficial, o Grêmio se posicionou a respeito de Renato Portaluppi. O treinador que segue no Rio de Janeiro, voltou a ser visto na praia, neste final de semana, em Ipanema. Em meio à pandemia da Covid-19 e das restrições das autoridades locais, o comandante tricolor foi fotografado batendo bola à beira-mar.

Confira a nota do Grêmio:

O Grêmio FBPA desde o início da pandemia do Covid-19 vem orientando seus colaboradores sobre cuidados necessários para barrar eventual contágio, além de implementar rígidos protocolos médicos e sanitários, seguindo todas as determinações das autoridades municipal e governamental, para preservar a integridade física de atletas, integrantes da comissão técnica e funcionários em geral.

Seguindo esta referência de procedimentos adotados pela instituição, o técnico Renato Portaluppi está sendo mantido, por recomendação médica, em isolamento social no Rio de Janeiro, onde reside. Neste sentido, mesmo não cabendo ao Clube responder por atividades de foro privado praticadas por seus profissionais, a instituição reitera que determinou a todos rigor e atenção à observância dos mesmos procedimentos sanitários estabelecidos para cumprimento no Centro de Treinamentos e fora dele.

Mesmo com os jogadores realizando treinos em Porto Alegre, Renato foi liberado para permanecer em isolamento no Rio de Janeiro, em sua residência, por ser considerado grupo de risco. O treinador passou recentemente por duas cirurgias cardíacas e foi recomendado que, no momento, ele permanecesse em isolamento. Desde a paralisação do futebol em virtude do novo coronavírus, o técnico segue na capital fluminense. O último jogo comandado por Renato foi  em 15 de março, na partida contra o São Luiz, na Arena, pelo Campeonato Gauchão.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Inter inicia 8ª semana de treinos e aguarda por pronunciamento do governador Eduardo Leite
Empresário quer pedido de desculpas a Ferreira para voltar a tratar de contrato com o Grêmio
Deixe seu comentário