Grêmio renova contrato com jogadores importantes do seu plantel

Foto: Divulgação/Grêmio FBPA

Ainda que os jogos estejam paralisados devido à pandemia do coronavírus, o mercado da bola continua se movimentando cada dia mais. Especulações sobre qual jogador sairá de determinado clube e para onde ele irá, se haverá troca de figurinhas ou somente venda. E ainda tem as renovações de contratos. Com os clubes aqui do região Sul do país não é diferente. Ou melhor, com o Grêmio não é diferente.

O tricolor é um dos clubes da Série A do Campeonato Brasileiro que retomou suas atividades neste início do mês de maio. Porém, outras notícias movimentam os bastidores do clube: os jogadores da base e seus contratos. Nesta quinta-feira (21), conforme apurado pela reportagem da Rádio Grenal, o Grêmio já está acertando as renovações com o volante Diego Rosa e com o atacante Elias. Após, os dois jogadores, mais os atacantes Fabrício e Rildo, devem subir para o grupo principal.

As promessas do tricolor

 

Diego Rosa (volante)

Foto: Alexandre Loureiro/CBF

Baiano de Salvador, Diego Rosa, 17 anos, ganhou espaço e liderança técnica no time sub-19 do Grêmio na Copinha mesmo sendo dois anos mais novo do que seus companheiros. Também se destacou na seleção sub-17, onde foi apelidado de “Barril”, em referência à gíria baiana que indica qualidade. Os colegas e técnicos reconheceram, assim, a importância do volante que marcou dois gols e deu duas assistências na campanha título mundial.

Diego começou como reserva, mas cavou seu lugar na seleção titular na terceira partida, vencida por 2 a 0 sobre a Angola. Muito antes dos gols pelo Grêmio na Copa São Paulo, começou como zagueiro no Vitória, aos 14 anos. Virou meio-campista e chamou a atenção do tricolor. Para contar com Diego Rosa, o Grêmio fez uso do trabalho de observação da base. O garoto chegou ao clube na negociação que levou o zagueiro Wallace Reis, em 2017. A troca foi conduzida pelo então diretor-executivo de futebol André Zanotta, que exigiu o garoto de 17 anos.

Desde que chegou ao Grêmio, Diego sempre esteve em categorias acima da sua idade. Tinha 15 quando desembarcou em Porto Alegre para jogar na equipe sub-16 e rapidamente subiu para a sub-17. Agora, já é visto como um nome para integrar a equipe de transição e ficar a um passo de ser aproveitado por Renato Portaluppi no elenco de principal.

Elias (atacante)

Elias (à esquerda) renova contrato com Grêmio. Foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio

Natural de Campinas, no interior de São Paulo, o camisa sete do Grêmio, Elias tem muitos motivos para comemorar o início de 2020. Artilheiro do Grêmio na Copa São Paulo de Futebol Júnior com seis gols, o atacante fez o gol decisivo na vitória contra o Oeste, classificando o time para a final do principal torneio de base do país. Elias voltou a jogar pelo tricolor nesta temporada, depois de um ano com muita lesões. Para se ter uma ideia, no ano passado o atleta de 18 anos fez apenas 16 partidas pelo sub-20 no ano inteiro, conseguindo marcar sete vezes. Em apenas metade disso, em 2020, Elias marcou seis vezes e está a um gol de alcançar a sua principal estatística no ano passado.

O ataque tem a média de 2,25 gols por partida, foram 18 gols em apenas oito partidas. Elias foi o responsável por quase metade dos gols gremistas na Copinha.

Fabrício (atacante)

Fabrício, atacante Grêmio. Foto: Guilherme Rodrigues/GR Press

A prova de o Grêmio segue investindo nas suas categorias de base é que o clube comprou em definitivo o atacante Fabrício, tratado como joia do Brasil de Pelotas. O jovem assinou contrato, há três meses, comprovando o vínculo de  quatro anos com o tricolor, sendo assim, o contrato do atacante é válido até dezembro de 2023.

Fabrício estava emprestado desde o segundo semestre de 2019 ao Grêmio. Foi titular nas campanhas do título da Copa RS, em dezembro, e no vice da Copa São Paulo de Futebol Júnior, no mês passado. Conforme apurado pela reportagem da Rádio Grenal, Fabrício está cotado para subir para o time principal junto com os colegas descritos nessa matéria.

Rildo (meia-atacante)

Foto: Divulgação/Grêmio FBPA

Próximo de ser promovido ao time principal do Grêmio, comandado pelo técnico Renato Portaluppi, o meia-atacante Rildo, 20 anos, mato-grossense de Rondonópolis, comemorou mais um passo ao ter o vínculo estendido até 2023. Um dos destaques do time sub-20 e na campanha do vice-campeonato da Copa São Paulo, com quatro gols marcados, o jovem busca novas metas no clube. No momento, Rildo integra o grupo de transição do Grêmio, onde fica sendo observado pela comissão-técnica para ser promovido ao profissional. Ele está sendo avaliado de perto desde o segundo semestre de 2019. Pela base, foi campeão da Copa RS Sub-20 do ano passado.

Meia de 20 anos, Rildo Gonçalves de Amorim Filho nasceu em Rondonópolis, no Mato Grosso. Costuma jogar de meia-armador, mas também pode atuar pelas pontas. Tem como pontos positivos a técnica, finalização e drible.

O jovem deu os primeiros passos no futebol pela Academia Rondonópolis e, aos 13 anos, foi para a base do São Paulo. Aos 16, os paulistas não exerceram a opção de compra. Ficou livre no mercado no início de 2017, recebeu propostas de Fluminense e Grêmio. O desfecho sabemos, optou pelo tricolor.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Jogadores do Grêmio tem treino com bola e conclusões a gol
“Estamos todos sofrendo”, diz David Braz, zagueiro do Grêmio sobre a pandemia da Covid-19
Deixe seu comentário