Grêmio perde para o Juventude por 2 a 0 e segue na lanterna do Brasileirão

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Em uma noite fria, típica do inverno gaúcho, o Grêmio enfrentou o Juventude, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, em partida válida pela 8ª rodada do Brasileirão. Precisando de uma vitória, já que ainda não venceu nenhuma partida na competição, o Tricolor foi derrotado por 2 a 0. O resultado manteve o time da capital na lanterna, com apenas 2 pontos somados.

Os gols do jogo foram marcados por Paulinho, ainda no primeiro tempo, e Matheus Peixoto, após falha grotesca de Paulo Miranda.

O próximo desafio do Grêmio será no domingo (4), contra o Atlético Goianiense, a partir das 20h30, na Arena. Na mesma data, o Juventude enfrenta o Ceará, fora de casa, às 18h15.

Primeiro tempo

O jogo iniciou movimentado e logo nos primeiros instantes, os gremistas chegaram ao ataque pela direita, com um cruzamento feito por Douglas Costa, mas Marcelo Carné se antecipou e saiu do gol para fazer a defesa. Aos 5’, mais uma vez o Tricolor ameaçou com o camisa 10, que recebeu um passe no meio, girou e finalizou, para nova defesa do goleiro adversário.

Mantendo maior posse de bola nos minutos iniciais, o Grêmio investiu novamente no ataque com Douglas, que desta vez, arriscou de longe, mandando à direita da meta, mas Marcelo voltou a defender.

O Juventude conseguiu criar uma oportunidade em bola parada, passados 13’. Após a cobrança, o atacante Paulinho chutou da intermediária, mandando por sobre o gol defendido por Chapecó. Em seguida, foi Matheus Peixoto quem finalizou, mas o goleiro gremista caiu para fazer a defesa.

Aos 20 minutos, os donos da casa chegaram com Wescley, que abriu espaço no meio e chutou de esquerda, obrigando outra boa defesa de Gabriel Chapecó, que espalmou para escanteio. A bola foi colocada no primeiro poste e Vitor Mendes subiu mais que a zaga, desviando de cabeça e mandando à esquerda da meta tricolor.

Sete minutos depois, o Juventude conseguiu abrir o marcador com Paulinho, que após um bate rebate na área, ficou com a sobra e chutou de fora da área, conseguindo mandar para o fundo das redes.

O Grêmio teve uma falta a seu favor da intermediária de ataque, pela meia direita. A bola foi colocada na área, a defesa cortou e ela caiu nos pés de Ferreira, que finalizou de longe. Marcelo defendeu, com 32’ jogados.

A resposta adversária veio de imediato, em uma trama rápida dentro da área tricolor. Castilho recebeu na pequena área e chutou de primeira. A bola passou raspando a trave esquerda.

Na reta final do primeiro tempo, aos 43’, o Grêmio teve ainda uma falta a seu favor. A bola foi colocada na área por Douglas Costa, mas houve o corte da defesa, que mandou pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio feita no primeiro poste, Marcelo Carné se jogou para espalmar.

Segundo tempo

Logo com 2 minutos de bola rolando, o Tricolor chegou bem, quando Ferreira avançou pela esquerda e cruzou. Douglas Costa ajeitou na área para Matheus, que tentou a finalização, mas Marcelo saiu do gol e defendeu. Em resposta, Paulinho arriscou de fora da área, obrigando Chapecó a cair e fazer a defesa.

Com 8’ jogados, Douglas Costa avançou em direção a meta, mas acabou adiantou demais e a bola se perdeu pela linha de fundo. Outra oportunidade saiu dos pés de Matheus Henrique, que arriscou de longe, mandando à esquerda do gol.

O Juventude teve uma oportunidade em bola parada. Castilho cobrou e Matheus Peixoto desviou de cabeça, mandando por cima do gol. Os gremistas responderam em seguida, com Ferreira, que finalizou, mas desviou no defensor e saiu com perigo, próximo a meta.

Passados 24’, o Tricolor tentou com Rafinha, que fez um cruzamento longo, mas a bola saiu pela lateral após desvio de Chico. Já os donos da casa tiveram uma grande chance pela esquerda – Chico finalizou e Chapecó fez uma grande defesa. Minutos depois, Sorriso chutou forte da esquerda, para outra defesa do goleiro gremista.

O Juventude foi efetivo e ampliou o marcador aos 37 minutos. Após erro da defesa gremista, Matheus Peixoto conseguiu dominar e finalizar, mandando para o fundo das redes.

Ficha técnica

— Juventude: Marcelo Carné, Michel, Vitor Mendes, Rafael Forster, William Matheus, Elton (Fernando Pacheco), Matheus Jesus (Marcos Vinicios), Guilherme Castilho, Wescley (Cleberson), Paulinho Bóia (Chico) e Matheus Peixoto (Didi). Técnico: Marquinhos Santos.

— Grêmio: Gabriel Chapecó, Rafinha (Vanderson), Pedro Geromel (Paulo Miranda), Diogo Barbosa (Léo Pereira), Matheus Henrique (Luiz Fernando), Darlan (Jean Pyerre), Victor Bobsin, Douglas Costa, Diego Souza (Ricardinho) e Ferreira. Técnico: Tiago Nunes.

— Arbitragem: Vinicius Gonçalves Dias Araujo (SP), auxiliado por Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP) e Evandro de Melo Lima (SP). Quarto Árbitro:Lucas Guimarães Rechatiko Horn (RS). Árbitro de Vídeo (VAR): Elmo Alves Resende Cunha (GO).

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

ENQUETE: Quem você escalaria para completar o meio de campo do Grêmio na ausência de Thiago Santos?
Herrmann fala em “fato novo” e Romildo explica termo: “É a vitória”
Deixe seu comentário