Grêmio perde para o Barcelona (EQU), mas chega à final da Libertadores da América


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

Grêmio e Barcelona se enfrentaram nessa quarta-feira em jogo válido pela semifinal da Libertadores da América. O tricolor gaúcho perdeu por 1 a 0 para os equatorianos, mas como havia vencido o primeiro confronto por 3 a 0, a derrota dessa noite não impediu a classificação gremista. O gol único da partida foi anotado por Jonatan Álvez ainda na primeira etapa.

Primeiro tempo

Precisando do resultado, o Barcelona de Guayaquil tentou imprimir um ritmo de jogo mais intenso desde cedo. Os equatorianos tocavam bastante a bola, mas eram bem neutralizados pela equipe gremista. Kannemann protagonizou um duelo em particular com Jonatan Álvez em dois lances seguidos, e o zagueiro levou a melhor em ambos. Com o passar do tempo o Grêmio foi assumindo o controle do confronto e criando as melhores oportunidades. Aos 19 minutos, Fernandinho cruza para Cícero e o avançado apenas escorou para Luan. O camisa 7 bateu no canto esquerdo do arqueiro Banguera, que defendeu o chute.

Mesmo com o sucesso inicial em conseguir controlar a chegada do adversário, o Grêmio encarava um Barcelona muito persistente nessa noite. Tanto que aos 32 minutos, o time equatoriano abriu o placar na Arena e movimentou a partida. Jonatan Álvez aproveitou grande jogada de Marcos Caicedo pelo lado esquerdo, que passou por três marcadores e finalizou cruzado. O chute desvio em Kannemann e sobrou para o camisa 9 do Barcelona completar para o fundo da rede.

O Grêmio ainda teve uma grande de chance para empatar a partida com Cícero aos 35 minutos. Ele que recebeu um cruzamento vindo da linha de fundo com autoria de Fernandinho e cabeceou para fora.

Segundo tempo
A segunda etapa já foi o oposto da primeira logo no seu inicio, com o Grêmio chegando ao setor defensivo adversário logo cedo. O time da casa iniciou efetuando boas trocas de passe e explorando os lados do campo para avançar ao ataque. Porém, o susto efetivo no inicio foi do Barcelona aos 10 minutos. Após Demian Diaz vencer dois marcadores, o camisa 10 serviu Esterilla, que girou e bateu no canto esquerdo de Marcelo Grohe. A bola atingiu a trave e foi para fora!

Após um inicio mais agitado, a partida se estabilizou um pouco. A resposta do Grêmio veio apenas aos 22 minutos com Cicero. O atleta recebeu bom lançamento de Arthur e saiu de frente para o goleiro Banguera. Porém, Cicero finalizou mal e o goleiro equatoriano defendeu com facilidade. O segundo tempo contava com um Barcelona desesperado pelo resultado, mas com poucas iniciativas efetivas. Assim como o próprio Grêmio, que ainda tendo vantagem no placar agregado não conseguia criar muito.

A última grande chance foi aos 32 minutos com Jael, após boa jogada de Bruno Cortez pela linha de fundo. O lateral esquerdo cruzou para o atacante (que entrou na etapa complementar) cabecear na trave do gol defendido por Banguera.

Aos 49 minutos, o jogo foi encerrado pelo árbitro Roberto Tobar e o Grêmio confirmou a sua chegada em mais uma final de Libertadores da América. Agora o tricolor encara o Lanús dia 22, no jogo de ida da final do torneio continental.

Comentários