Grêmio perde para Atlético-GO e técnico Tiago Nunes é demitido após o jogo

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grêmio entrou em campo neste domingo (4) precisando da vitória para começar a sua recuperação da zona de rebaixamento. Jogando pela 9ª rodada do Brasileirão, o Tricolor gaúcho enfrentou o Atlético-GO, na Arena, em Porto Alegre, e perdeu de 1 a 0. O gol foi marcado por Lucão, aos 9 minutos do segundo tempo. Após o resultado desastroso, o técnico Tiago Nunes foi demitido.

Depois da partida, o lanterna enfrenta o Palmeiras, no Allianz Parque, em São Paulo. O jogo acontece na quarta-feira (7). Enquanto isso, o Atlético-GO recebe o Sport, no Antônio Accioly, em Goiânia. O jogo é no mesmo dia. A partida é válida pela 10ª rodada.

O Atlético-GO não entrou para brincar. Logo aos três minutos, Marlon Freitas aproveitou rebote e mandou a bola para o fundo das redes. Contudo, a arbitragem pegou impedimento e anulou o tento.

O Grêmio respondeu aos 10, com Geromel. Após cruzamento da esquerda, o zagueiro do Tricolor Gaúcho aproveitou sobra e bateu de primeira no segundo pau. O goleiro Fernando Miguel fez a defesa. Seis minutos depois, Bobsin arriscou de fora da área, mandando à direita do gol do Dragão.

Sem grandes chances

Sem outros sustos, o jogo ficou bastante truncado, com poucas chances sendo criadas entre as equipes. Assim, apenas aos 31 minutos que Victor Bobsin teve nova oportunidade. Após a bola sobrar na área, o volante bateu à direita do gol, direto para fora.

Como resposta, o Dragão teve uma grande oportunidade aos 36. Lucão cabeceou livre na pequena área do Grêmio. Brenno salvou.

Logo na volta do intervalo, a defesa do Atlético-GO se atrapalhou, e o Grêmio chegou com Jean Pyerre, que quase marcou. Na sequência, Arthur Gomes finalizou e levou perigo. Contudo, os times não conseguiram abrir o marcador.

Gol do Dragão

Aos 9 minutos, enfim, o placar foi aberto. Dudu driblou Diogo Barbosa, cruzando rasteiro. A bola passou por André Luís, mas não por Lucão, que apareceu livre para finalizar e mandar para o fundo das redes.

Aos 14, Matheus Henrique bateu colocado e quase mandou para o fundo das redes. O Atlético-GO seguiu com a alta pressão, e, um minuto depois, Arthur Gomes recebeu na área e bateu. Brenno conseguiu espalmar.

Como resposta, o Grêmio apareceu com Diego Souza. Assim, aos 23 minutos, o Dragão errou na saída de bola, e o atacante recebeu na área, batendo rasteiro. Fernando Miguel fez a defesa.

Depois do gol, o Atlético-GO ficou mais fechado e criou poucas oportunidades de perigo. Além disso, se fechou, evitando as investidas gremistas. Enquanto isso, o Grêmio não criou quase nada, sem grandes chances de perigo para o goleiro Fernando Miguel. Dessa forma, a partida terminou no 1 a 0.

Tiago Nunes não é mais técnico do Grêmio

Em entrevista coletiva após a partida, o vice de futebol Marcos Herrmann comunicou que em comum acordo entre o clube e Tiago Nunes, o técnico não é mais o comandante do tricolor. A frente da equipe por 74 dias, fez 19 jogos treinando o time e conquistou dez vitórias, além de quatro empates e cinco derrotas. Isso representa 59% de aproveitamento. A equipe marcou 39 gols e sofreu 19. Com Tiago Nunes o Grêmio venceu o Campeonato Gaúcho e a Recopa Gaúcha. Com uma sêquencia de sete jogos sem vencer, Tiago deixa o clube na lanterna do Campeonato Brasileiro com dois pontos conquistados.

Ficha técnica

Grêmio 0 x 1 Atlético-GO

Local/Horário: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Árbitro: Marielson Alves Silva (BA)

Assistentes: Alexandro Álvaro Rocha de Matos (BA) e Edevan de Oliveira Pereira (BA)

Cartões Amarelos: Victor Bobsin (Grêmio)

Gol: Lucão (9’/2⁰T) (0-1) (Atlético-GO)

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grêmio x Atlético-GO: Escalações, momentos, arbitragem e transmissão
Tiago Nunes é o treinador com menos tempo de Grêmio desde Caio Júnior, em 2012
Deixe seu comentário