Grêmio perde de virada por 3 a 1 para o Palmeiras na Arena e torcida promove vandalismo no fim

Tricolor se complicou ainda mais no Brasileirão

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

De virada, o Grêmio perdeu por 3 a 1 para o Palmeiras, na tarde deste domingo (31), na Arena, em partida válida pela 29ª rodada da competição. Com o resultado, a situação do Tricolor, que luta para não ser rebaixado, ficou ainda mais complicada. Não bastasse a derrota, a torcida perdeu a cabeça no fim e provocou cenas lamentáveis de vandalismo e agressões.

O time de Vagner Mancini está em penúltimo lugar no campeonato, com 26 pontos. O Palmeiras é o vice-líder do Brasileirão, com 52 pontos. O Tricolor volta a campo nesta quarta-feira (3), quando enfrenta o Atlético-MG. A partida, válida pela última rodada do primeiro turno, será disputada às 21h, no Mineirão.

O jogo

Os donos da casa começaram a partida atacando. No primeiro minuto, Douglas Costa, de fora da área, chutou para fora. Aos 5, Jean Pyerre finalizou de longe, e Weverton defendeu de maneira tranquila.

Aos 7 minutos, o Palmeiras quase abriu o placar em uma cobrança de falta. Scarpa acertou a trave de Brenno.

Aos 10, Douglas Costa ganhou de Marcos Rocha, deixou Gustavo Gómez para trás e cruzou no pé direito de Diego Souza, que marcou para o Tricolor.

Aos 18, Scarpa tabelou com Veiga e chutou em cima de Brenno, que defendeu em dois tempos.

Aos 28, o Grêmio quase ampliou a vantagem. Alisson cruzou na cabeça de Diego Souza, e Weverton fez uma grande defesa. No rebote, Thiago Santos desperdiçou a chance.

Com o auxílio do VAR, aos 42 minutos, o árbitro Savio Pereira Sampaio marcou pênalti de Thiago Santos em cima de Marcos Rocha. Aos 45, Raphael Veiga cobrou e igualou o placar na Arena.

Aos 49, Raphael Veiga recebeu de Scarpa fora da área, sem marcação, e chutou rasteiro para virar o jogo.

Segundo tempo

Em busca do empate, aos 10 minutos do segundo tempo, Geromel desarmou Zé Rafael e tocou para Douglas Costa, que chutou por cima do gol de Weverton.

Aos 25, Veiga cobrou uma falta com força, de longe, e Brenno espalmou para escanteio. Aos 33, Cortez chutou de fora da área, e Weverton espalmou.

Aos 40 minutos, Campaz tocou para Churín, que passou para Elias chutar de voleio. A bola passou por baixo dos braços de Weverton e balançou a rede. Mas, após revisão no VAR, o gol foi anulado para desespero da torcida gremista. Elias estava impedido.

Nos acréscimos, Breno Lopes ampliou a vantagem do time paulista. Aos 48 minutos, Danilo Barbosa passou para o camisa 19 chutar cruzado, sem chances para Brenno.

Vandalismo

Fracasso em campo e fora dele. Após o Grêmio perder, a torcida tratou de aumentar o vexame. Indignados, torcedores gremistas saíram de trás do setor que fica as organizadas na Arena, invadiram o gramado, quebraram equipamentos de fotógrafos e destruíram a cabine do VAR. Os vândalos também acessaram o estacionamento do estádio e houve novo confronto com a Brigada Militar.

Tão logo acabou a partida, os tricolores entraram no campo e começaram a destruir o que viam pela frente. A delegação do Palmeiras entrou para o túnel do estádio, com medo de agressão. O meia Raphael Veiga, eleito o craque do jogo, abandonou a entrevista no gramado e correu para os vestiários.

Os torcedores foram até a cabine do VAR e a depredaram. A estrutura de acrílico e o equipamento que exibe as imagens ao árbitro no gramado foram destruídos.

Enquanto isso, torcedores de Palmeiras e Grêmio brigavam nas arquibancadas. Divididos por uma separação nas arquibancadas, eles trocavam socos pela parte lateral da divisória. Em seguida, foram contidos por seguranças.

A invasão dos torcedores pode custar caro ao Grêmio. O Código Brasileiro de Justiça Desportiva, por meio do artigo 213, prevê a perda de mando de campo de uma a dez partidas para casos assim.

Ficha técnica

Grêmio — Brenno; Vanderson, Geromel, Kannemann e Cortez; Thiago Santos (Lucas Silva), Villasanti (Campaz), Douglas Costa, Jean Pyerre (Jhonata Robert) e Alisson (Chruín); Diego Souza (Elias). Técnico: Vagner Mancini.

Palmeiras — Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Luan e Piquerez; Felipe Melo, Zé Rafael (Danilo Barbosa), Gustavo Scarpa (Wesley) e Raphael Veiga (Breno Lopes); Dudu (Luiz Adriano) e Rony (Danilo Barbosa). Técnico: Abel Ferreira.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Inter tem interesse na contratação de Gabriel Pereira, do Corinthians
Fora de casa, Inter perde para o São Paulo por 1 a 0 pelo Brasileirão
Deixe seu comentário