Grêmio perde de 4 a 2 para o Flamengo e se vê longe do G4

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Com surpresa na escalação, o Grêmio enfrentou o Flamengo sem Pepê, fora inclusive do banco. O Flamengo, por outro lado, teve escalação completa e Rogério Ceni foi com força máxima enfrentar a equipe de Renato Portaluppi.

PRIMEIRO TEMPO

A primeira etapa se iniciou com o Grêmio afim de jogo. A equipe tricolor envolvia o Flamengo em troca de passes intensa e um marcação alta. O meio campo ativo ajudava na movimentação dos jogadores da frente. Na sequência, o time de Rogério Ceni tentou responder, mas a marcação da área defensiva gremista era bem posicionada, dificultando a criação de jogadas perigosas.

Ambos times foram se soltando e criando chances, Ferreira pelo lado esquerdo ia abrindo espaço no meio, mas nenhuma finalização se concretizava com perigo. Aos 9 minutos, Alisson aproveitou um erro do Flamengo para apostar no contra-ataque rápido, invadindo à área e batendo a gol, com Hugo defendendo, bem posicionado.

Empilhando chances, a equipe flamenguista criava mais. Foram três em sequência, aos 31 minutos, depois aos 32 e por último aos 34. Na última, Everton Ribeiro encontrou Gabigol na grande área. O camisa 9 rubro-negro finalizou de perna direita mas não pega em cheio, mandando pela linha de fundo.

O Grêmio se concentrava no esquema defensivo, já que não conseguia criar jogadas e falhava na produtividade do ataque. Mas foi em um rápido contra-ataque que os mandantes abriram o placar. Aos 39 minutos, Alisson fez grande jogada pela direita e mandou a bola nas costas da defesa, encontrando Diego Souza sozinho para carimbar as redes. Grêmio 1×0 Flamengo. 

SEGUNDO TEMPO

A segunda etapa se iniciou com o Flamengo indo para cima. A equipe de Rogério Ceni tinha pressa, para ir atrás no placar. No entanto, a linha defensiva gremista seguia bem posicionada. Até que Gabigol conseguiu quebrar. Aos 11 minutos, Arrascaeta deu belo passe para Gabigol, que invadiu a área e rolou para Everton Ribeiro finalizar com pouco ângulo. Grêmio 1×1 Flamengo.

E não deu tempo nem de narrar. Na sequência, Gabigol apareceu de novo, mas dessa vez, para marcar. Após boa troca de passes, o camisa 9 recebeu na entrada da área e finalizou com muita categoria, no cantinho do gol, para virar o placar. Grêmio 1×2 Flamengo.

E se alguém pensou que o Flamengo iria parar, se enganou. Aos 22, Bruno Henrique rolou na medida para Gabigol. Ele tocou para o meia uruguaio, Arrascaeta, livre, ampliar o marcador. Grêmio 1×3 Flamengo. 

No entanto, o Grêmio quis descontar o placar. Diego Souza cobrou falta com muita curva e velocidade e enganou Hugo Souza. O Tricolor diminui a vantagem do Flamengo no placar; Grêmio 2×3 Flamengo. 

E foi no apagar das luzes que o placar aumentou. Aos 47, já nos acréscimos, Vitinho conduziu pela faixa central e deu bom passe para o lateral chileno, com pouco ângulo, tirar de Vanderlei e ampliar o marcador. Grêmio 2×4 Flamengo. 

E assim se encerrou. Grêmio seguiu na 6º posição com 51 pontos.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Buscando se reaproximar do G-4, Grêmio recebe Flamengo na Arena nesta quinta
Renato faz críticas à imprensa e destaca: ”Enquanto eu estiver aqui, o Grêmio nunca vai ajudar o Internacional”
Deixe seu comentário