Grêmio leva 3 a 1 do América-MG fora de casa e se complica ainda mais no Campeonato Brasileiro

Grêmio leva 3 a 1 do América-MG fora de casa e se complica ainda mais no Campeonato Brasileiro

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grêmio foi a Belo Horizonte, na Arena Independência, enfrentar o América-MG neste sábado (13) e amargou uma derrota de 3 a 1. O resultado da partida complica ainda mais a situação do time no Campeonato Brasileiro. O Tricolor estaciona na 19ª posição, com 29 pontos – a sete pontos do Bahia, que é o time fora do Z4 mais próximo da zona da degola.

A equipe tricolor volta a campo nesta terça (16) quando recebe o Bragantino em casa às 18h, pela 32ª rodada.

O jogo trouxe um sentimento de impotência para o Tricolor, após uma vitória esperançosa contra o Fluminense em casa. E, a sete rodadas do fim da competição, a segunda divisão parece cada vez mais uma realidade iminente. A necessidade de vencer quatro jogos e empatar um ou de cinco vitórias para evitar o pior se manteve. Se tivesse vencido, o time tricolor teria saído da 19ª colocação, onde está desde 10 de outubro, ultrapassando o Sport de Recife.

O Grêmio saiu de campo mais uma vez insatisfeito com a arbitragem. Os protestos partem de um possível dois toques do goleiro americano na cobrança de um tiro de meta e de um pênalti não revisado pelo VAR do camisa 1 do América em Elias. Os lances protestados aconteceram quando os donos da casa venciam por 1 a 0.

Logo no começo da partida, Zárate abriu a contagem. Nos acréscimos do primeiro tempo, Ademir ampliou em cobrança de pênalti. No início da etapa final, Juninho ampliou. Logo em seguida, Ferreirinha descontou.

Desta vez, Mancini mexeu pouco no time em relação à partida contra o Fluminense na rodada anterior. Cortez voltou à lateral esquerda, após cumprir suspensão, e Ferreira entrou no ataque no lugar de Campaz, mantendo a escalação com dois volantes. De última hora Kannemann, com dores no quadril, cedeu lugar para Ruan. Cotado para retomar o seu lugar na equipe, Thiago Santos começou no banco de reservas.

O jogo

O time da casa iniciou o primeiro tempo com proposta de marcação agressiva, no campo do Grêmio. Logo aos três minutos, Felipe Azevedo apareceu nas costas de Elias pelo lado esquerdo do ataque e abriu o placar para o América-MG.

O Grêmio foi para o ataque e equilibrou mais o jogo. Após os lances polêmicos com a arbitragem, Cortez empurrou Ademir pelas costas dentro de sua própria grande área e deu um pênalti ao Coelho, convertido pelo próprio Ademir aos 48 minutos.

Vagner Mancini promoveu a entrada de Darlan e Campaz no intervalo, mas o América-MG não deu tempo do Grêmio se reorganizar e fez o terceiro gol com Juninho logo no primeiro minuto da volta.

Os visitantes foram para o tudo ou nada e até conseguiram diminuir a desvantagem com Ferreira em boa jogada individual aos nove minutos. Mesmo assim, faltou criação no meio de campo gremista para levar mais perigo ao gol de Matheus Cavichioli.

Ficha técnica

América-MG — Matheus Cavichioli; Patric (Anderson Jesus), Ricardo Silva, Eduardo Bauermann, Lucas Kal e Marlon; Juninho e Alê (Juninho Valoura); Ademir (Léo Passos), Felipe Azevedo (Alan Ruschel) e Zárate (Rodolfo). Técnico: Marquinhos Santos.

Grêmio — Brenno; Vanderson (Rafinha), Geromel, Ruan (Churín) e Cortez; Lucas Silva (Diogo Barbosa), Mateus Sarará (Darlan) e Alisson; Diego Souza, Ferreira e Elias (Campaz). Técnico: Vagner Mancini.

 

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

De virada, Inter vence o Athletico-PR por 2 a 1 no Brasileirão e reduz distância para o G6
Mesmo após derrota, Vagner Mancini não vê Grêmio mais próximo do rebaixamento: ”Ainda tem muita coisa pela frente”
Deixe seu comentário