Grêmio goleia o Bragantino por 3 a 0 e mantém a luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro

O Tricolor chega a 32 pontos e ganha uma posição na tabela

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

O Grêmio bateu o Bragantino na Arena na noite desta terça (16), ganhando por 3 a 0, e conquistando três pontos na tabela do Campeonato Brasileiro, mantendo a luta contra o rebaixamento no campeonato.

O Tricolor iniciou o jogo em alta intensidade, com marcação forte sobre o time adversário, sem dar chance para avançar. O desempenho acima da média rendeu um primeiro tempo de luxo, com gols de Diego Souza, de pênalti, Lucas Silva e Jhonata Robert.

Na próxima rodada, o Grêmio visita a Chapecoense, no sábado (20). Na contagem regressiva, ainda restam jogos contra Flamengo (atrasado da segunda rodada), Bahia, São Paulo, Corinthians e Atlético-MG.

Primeiro Tempo

Aos 3”, o Tricolor conseguiu cavar o primeiro pênalti da partida, com cruzamento de Ferreira pra trás e a bola tocando no braço de Guilherme.

Diego Souza cobriu e abre o placar para o Tricolor, de cabeça, num rebote depois de o goleiro Julio ter defendido o primeiro chute. O goleiro espalmou, mas a bola escapa.

Aos 10″, Ferreira tocou para Diego, que passa para Campaz. O meia chuta com força, mas o goleiro adversário espalma para escanteio.

Já aos 17″, Campaz cabeceia próximo da marcação de Weverton e pede o pênalti para o Grêmio, mas o árbitro manda seguir o jogo.

Aos 33″,  Lucas Silva, o homenageado da noite pelos 100 jogos com a camisa Tricolor marcou o segundo gol da partida.  Campaz disparou para o ataque, invade a área e toca para Ferreira. O atacante recua para Lucas Silva que chuta para o fundo do gol.

Logo, aos 37″, o Grêmio empilha mais um gol importante na noite desta terça-feira, com gol de Jhonata Robert, sem chance de defesa para o goleiro Júlio César.

Aos 45″, mais uma tentativa de Campaz, chutando forte, mas com defesa espalmada para escanteio.

Segundo Tempo 

A bola começa a rolar com Jhonata passando para Rafinha, que acaba se esbarrando no volante Cândido,  ganhando um  escanteio.

Aos 3″, Lucas Silva e Thiago Santos se movimentam com maior precisão em cima do ataque de Pedrinho, impedindo a evolução do atleta.

Campaz, bastante ativo nas jogadas, tenta se livrar da marcação adversária e cruza para Jhonata Robert, mas não consegue finalizar.

Os jogadores trocam passe na pequena área do Bragantino, tentando avançar em mais um gol. Por fora, Ferreira recebe com espaço, chuta, mas a bola para na defesa de Júlio César.

Aos 33′, Ferreira tabela  com Campaz em escanteio e cruza, mas a bola não chega pra ninguém.

Em seguida, Churín toca de calcanhar para Campaz, que chuta forte, mas a bola sai  para fora.

Aos 41″, Jean Pyerre dá passe  para Alisson, que de frente para o goleiro, chuta para fora. A arbitragem sinaliza o impedimento de Alisson.

Logo após, Churín disputa com Haydar e passa para Ferreira que acaba chutando para fora.

Aos 45″, o atacante Alerrandro chuta por cima de Brenno. Kannemann chega de carrinho e  impede o gol do Bragantino.

Ficha técnica

– Grêmio: Brenno; Rafinha, Geromel, Kannemann e Cortez; Thiago Santos (Mateus Sarará), Lucas Silva (Victor Bobsin) e Campaz (Jean Pyerre); Jhonata Robert (Alisson), Ferreira e Diego Souza (Diego Churín). Técnico: Vagner Mancini

– Bragantino: Júlio César; Weverton, Leonardo Realpe (Cesar), Natan e Guilherme Lopes (Martínez); Luan Cândido, Luciano (Cristiano), Gabriel Novaes, Pedrinho (Bruninho) e Weverson (Leandrinho); Alerrandro Técnico: Mauricio Barbieri.

– Arbitragem: Caio Max Augusto Vieira, auxiliado por Jean Marcio dos Santos e Lorival Candido das Flores. VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro. (quarteto potiguar).

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Grata surpresa: Palacios ganha destaque e vira boa opção para Diego Aguirre
Cuiabá x Inter: Escalações, momentos, arbitragem e transmissão
Deixe seu comentário