Grêmio faz goleada histórica e atropela o Aragua por 8 a 0

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA
RS - FUTEBOL/CONMEBOL SULAMERICANA 2021 /GREMIO X ARAGUA - ESPORTES - Lance da partida entre Gremio e Aragua disputada na noite desta quinta-feira, na Arena do Gremio, valida pela Sulamericana 2021. FOTO: LUCAS UEBEL/GREMIO FBPA

Na noite desta quinta-feira (6), o Grêmio recebeu o Aragua e massacrou o time venezuelano por 8 a 0, pela terceira rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. Esse resultado é a maior goleada do clube na Arena e em competições internacionais. Os gols foram marcados por: Luiz Fernando duas vezes, Diego Souza, Ferreira duas vezes, Arquímedes Hernández (contra), Maicon e Churín. Deste modo, o tricolor mantém os 100% de aproveitamento na Sul-Americana, segue isolado na liderança do Grupo H com nove pontos e saldo positivo de 10 gols.

Primeiro Tempo
O time do técnico Tiago Nunes teve um começo muito eficiente e resolveu rapidamente o jogo. Luiz Fernando aproveitou erro da defesa aos 2′ e abriu cedo o placar. A superioridade técnica era visível e o tricolor aproveitou, fazendo quatro gols em seis minutos. Luiz Fernando aos 18′ fez o segundo dele e do jogo. Aos 20′ Diego Souza ampliou de pênalti. Ferreira fez dois em sequência, aos 21′ e 23′. Para finalizar a goleada ainda na primeira etapa, Arquímedes Hernández fez contra.

Segundo Tempo
Com a partida resolvida, o Grêmio tirou o pé e administrou o resultado. Novamente a equipe gaúcha teve uma penalidade para cobrar, e Maicon converteu. Churín aos 31′ aproveitou cruzamento de Diogo Barbosa, e cabeceou para decretar o massacre.

O próximo compromisso gremista é no domingo, que enfrenta o Caxias por uma vaga na final do Gauchão, na Arena, às 16h. Pela Sul-Americana, o Grêmio recebe o Lanús na quinta-feira que vem, às 19h15.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Herrmann esfria expectativa por Douglas Costa e fala sobre Grenal no Gauchão: “A mim não importa”
Após goleada, Tiago Nunes elogia trabalho de Renato Portaluppi e reitera: “É dar continuidade”
Deixe seu comentário