Grêmio erra muito e Juventude sai na frente

PEDRO H. TESCH/AGÊNCIA ELEVEN/GAZETA

Juventude e Grêmio se enfrentaram hoje (20) pela primeira partida da semifinal do Campeonato Gaúcho. A atuação do Grêmio no estádio Alfredo Jaconi não foi nada boa. Com um time misto, por conta do desgaste após jogo com o Toluca-MEX na última terça-feira, o tricolor foi quase nulo ofensivamente e no segundo tempo sucumbiu a bola parada do Juventude. Na bola aérea, o time do técnico Antonio Carlos Zago foi superior e em duas bolas paradas garantiu a vantagem para o próximo jogo na Arena. O resultado encerra uma invencibilidade de 13 partidas do time de Roger Machado.

 

Geromel fez falta

Um dos problemas mais graves do time do Grêmio em 2016, a bola aérea foi, de novo, a causa da derrota tricolor. Em duas bolas alçadas na área, o Juventude definiu o placar. No primeiro gol, Fred e Marcelo Grohe falharam e a bola sobrou para Roberson, ex-Grêmio, só empurrar para as redes. Já no segundo gol, mesmo problema. O zagueiro Klaus, vindo de trás, subiu livre no meio da pequena área gremista. Com menos posse de bola, ( 39% Juventude, 61% Grêmio) restou ao time caxiense os contra-ataques, aproveitando os erros cometidos pelo Grêmio.

 

Bolaños retorna

O ponto positivo para o tricolor foi a volta de Miller Bolaños. Por conta da lesão na mandíbula e o período afastado dos gramados, o equatoriano ainda está sem ritmo de jogo e contribuiu discretamente nas jogadas de ataque. O Grêmio, como um todo não rendeu. Apesar do meio campo ter Walace e Maicon, os principais jogadores, a transição da defesa para o ataque não foi efetiva, com  49 passes errados por parte do tricolor.

 

Quebra de sequência

O resultado de hoje encerra uma invencibilidade de 13 partidas do time de Roger Machado. O tricolor estava invicto desde a partida contra o São Paulo-RG, no dia 24/02. O Grêmio faz a próxima partida da semifinal do Gauchão no próximo domingo, dia 24, às 16h na Arena.

 

Ficha Técnica

GOLS:
JUVENTUDE: Roberson, aos 13min do segundo tempo, e Klaus, aos 25min do segundo tempo

JUVENTUDE: Elias; Hélder, Klaus, Heverton e Pará; Itaqui, Wanderson, Bruno Ribeiro, Hugo (Wallacer) e Dieguinho (Lucas); Roberson (Sassá).
Técnico: Antônio Carlos Zago

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Wallace Oliveira, Fred, Bressan e Marcelo Hermes; Walace, Maicon, Pedro Rocha, Lincoln (Luan) e Everton (Miller Bolaños), Bobô (Henrique Almeida)
Técnico: Roger Machado

 

 

Voltar Todas de Gaúcho

Compartilhe esta notícia:

Em apenas 5 oportunidades Grêmio de Roger venceu por 3 gols de diferença
Rosario Central, o próximo adversário do Grêmio na Libertadores
Deixe seu comentário