Grêmio encara Cruzeiro para chegar à final da Copa do Brasil


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

O Grêmio tem pela frente um decisão de 180 minutos contra o Cruzeiro. A primeira partida inicia nesta quarta, 26, às 21;45, no Mineirão e pode ter recorde de público. Sem um título nacional a mais de 15 anos, o Tricolor aposta todas as suas fichas na Copa do Brasil para enfim sair do jejum histórico.

Cruzeiro

Assim como o Tricolor, o time mineiro também está a competição, que pode salvar o ano da Raposa. Sem pretensões no Campeonato Brasileiro, o Cruzeiro agora aposta suas fichas na Copa do Brasil para conseguir um acesso à Libertadores da América. Para a partida, o técnico Mano Menezes tem um desfalque: Rafinha.

A tendência é que Arrascaeta volte ao time na vaga de Rafinha, lesionado, e integre o meio-campo ao lado de Rafael Sóbis e Robinho. Mas agora, o uruguaio deve jogar aberto de um dos lados – a tendência é que seja pela esquerda, seu flanco favorito. Robinho passa a ser o articulador central e Sóbis continua aberto na direita, onde vem rendendo mais.

Provável time: Mano Menezes deve escalar a equipe com Rafael; Lucas, Bruno Rodrigo, Léo e Edimar; Henrique, Lucas Romero, Robinho, Arrascaeta e Rafael Sobis; Ábila

Grêmio

O Grêmio não tem nenhum desfalque para a partida. O técnico Renato Portaluppi tem apenas uma dúvida para formar o time titular. Pedro Rocha ou Everton são as opções para compor o ataque e fazer dupla com Luan. No resto do time, as peças devem permanecer as mesmas. A defesa se consolidando com Kannemann e Geromel, com Grohe recuperado. No meio, Walace e Maicon.

Provável time: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon, Ramiro, Douglas e Pedro Rocha; Luan.

Ficha Técnica

CRUZEIRO X GRÊMIO – JOGO DE IDA SEMIFINAL DA COPA DO BRASIL

Local: Mineirão, em Belo Hozironte (MG) 
Data e horário: Quarta-feira (26/10), às 21h45 (de Brasília)
Arbitragem: Péricles Bassols (ex-Fifa/PE), auxiliado por Kleber Lucio Gil (SC) e Nadine Câmara Bastos (SC)

Transmissão: A narração é de Angelo Afonso. Comentários de Douglas Cauduro. Reportagem de Diogo Rossi. Plantão de Gabriel Corrêa.

Comentários