Grêmio empata fora de casa na Recopa Sul-Americana


Por: Diogo Rossi, comunicador na @rdgrenal

A primeira decisão da temporada era contra ninguém menos do que o maior campeão da história da Libertadores. Não por acaso, o estádio do Independiente-ARG, local do primeiro jogo da Recopa Sul-Americana, leva o nome da maior competição de clubes da América do Sul. Mesmo com a pesada história em jogo e a casa praticamente lotada em Avellaneda, o Grêmio conseguiu um empate por 1×1 e traz a decisão para a Arena, em Porto Alegre. Luan e Bruno Cortez, contra, marcaram os gols da partida

Renato Portaluppi fez mistério em relação à escalação inicial e confirmou a surpresa no anúncio. Na vaga do suspenso Ramiro, Lima foi o escolhido para começar o confronto e, consequentemente, Léo Moura foi recuado para a lateral-direita. Marcelo Grohe, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez completaram a linha defensiva. Do meio-campo para frente, o comandante armou a equipe no 4-1-4-1. Jaílson fez a primeira função, com Lima, Maicon, Cícero e Everton na segunda linha, enquanto Luan foi o homem mais adiantado.

Árbitro de vídeo e Luan sozinho

O domínio inicial ficou por conta dos mandantes, com chances muito perigosas. Domingo, aproveitando sobra de bola, quase acertou o ângulo de Marcelo Grohe, em chute de longa distância. Em seguida, Meza carimbou o travessão, depois da cobrança de escanteio, ao cabecear livre na área tricolor. O camisa 8, aliás, protagonizou grande jogada pelo lado esquerdo, mas viu Benítez, de muito perto, perder chance clara, mandando para fora. O momento não era do Grêmio, mas Luan roubou a bola na intermediária ofensiva, invadiu a área e chutou rasteiro para abrir o placar na Argentina. Se a situação tava boa para os gaúchos, ficou ainda melhor quando Gigliotti acertou o rosto de Kannemann fora do lance. O árbitro amarelou o centroavante e precisou do VAR (árbitro de vídeo) para expulsá-lo. Com 1 homem a mais em campo, o Grêmio, no entanto, foi vazado. Gaibor cobrou falta na área, e Bruno Cortez desviou contra, matando o goleiro tricolor.

Na etapa final, demorou menos de 10 minutos para Renato sacar o jovem Lima e colocar Alisson na partida, dando mais movimentação ofensiva pelo setor direito. O meia ex-Cruzeiro, inclusive, cruzou rasteiro na direção da segunda trave e, por pouco, não viu Everton recolocar o Grêmio à frente. Renato ainda deu oportunidade, nos instantes finais, para Jael e para o estreante Maicosuel. Apesar disso, o placar não foi alterado.

O jogo da volta acontece na próxima quarta-feira (21), na Arena do Grêmio. Vale destacar que não há o gol qualificado na decisão. A vitória pelo placar mínimo leva as equipes ao título da Recopa Sul-Americana 2018.

 

Comentários