Grêmio empata com o Flu em jogo nervoso


Por: Jonata, jornalista, radialista e repórter na @rdgrenal.

Os tricolores gaúcho e carioca se enfrentaram em Volta Redonda em jogo bem movimentado. O Grêmio já havia vencido o Flu em 2006 nesse mesmo estádio e venceu. Hoje, o tricolor buscava a vitória para voltar continuar no topo do Brasileirão.

Primeiro Tempo

O jogo iniciou bem disputado. As duas equipe procuravam imprimir seu padrão de jogo. O Fluminense, que jogava teoricamente em casa, ia pra cima com Gustavo Escarpa e Richarlison levando muito perigo para a defesa tricolor eu pelo menos duas oportunidades. O Flu começava melhor o jogo, com velocidade e movimentação.

Pelo lado do Grêmio, sem criatividade e pouca movimentação, o tricolor via o time carioca tocar e chegar ao ataque com certa facilidade. Walace fazia falta no meio de campo. Ramiro, até fazia boa partida, com boas interceptações. Mas eis que aos 33 minutos, o árbitro mostrou o cartão vermelho direto para o volante. Sem falta aparente, o motivo teria sido reclamação.

Com dez em campo, o Grêmio se via resignado a esfriar o jogo e segurar o empate. Mas num momento de boa troca de passes entre os gremistas, Bobô viu a infiltração de Marcelo Hermes na área e serviu o lateral. O jogador dominou e tocou por cima de Diego Cavaliere, para por o Grêmio na frente do placar.

Bruno Grassi teve boa participação no jogo. Em pelo menos 3 oportunidades, garantiu a vantagem do Grêmio sobre Fluminense.

Segundo Tempo

O Grêmio iniciava o segundo tempo em vantagem no placar e de quebra conseguia segurar o Fluminense. Os cariocas insistiam nas bolas levantadas na área, fazendo uma patrulha na área gremista. Mesmo assim, o Grêmio resistia a pressão e tinha em Pedro Geromel, a referência defensiva. Walace Reis também ia bem, desarmando o ataque carioca.

O técnico Roger Machado vendo que não conseguiria chegar ao segundo gol, puxou o time mais para trás, colocando Jailson no lugar de Bobô, que pouco contribuiu no segundo tempo.

Pelo lado do Flu, Marcos Junior, que havia entrado no início, infernizava a defesa, com boas arrancadas e tabelas com Gustavo Escarpa. Os meias faziam um bom trabalho no meio de campo, visto que o Grêmio havia perdido Ramiro no primeiro tempo.

Os cariocas seguiam na pressão e até que Marcos Junior recebeu uma bola açucarada de Scarpa nas costas de Edilson e estufou as redes de Bruno Grassi.

O Grêmio se defendia com raça e via o Fluminense buscar o gol da vitória, principalmente com Marcos Junior, que após chute de fora da área, a bola desviou em um defensor e quase que surpreende o goleiro tricolor Bruno Grassi.

Apesar da pressão, o Grêmio segurou e levou pelo menos 1 ponto de Volta Redonda. O próximo desafio do Grêmio é contra a Chapecoense, também fora de casa. O jogo ocorre na quarta-feira, às 19:30.

 

Dono da bola Coco-Cola: Marcelo Hermes

Ficha Técnica

Fluminense: Diego Cavalieri; Jonathan, Gum, Henrique e Wellington Silva; Douglas (Magno Alves), Edson, Gustavo Scarpa, Cícero e Maranhão (Marcos Júnior) ; Richarlison. Técnico: Levir Culpi.

Grêmio: Bruno Grassi; Edílson, Geromel, Wallace e Marcelo Hermes; Ramiro, Maicon, Giuliano, Douglas (Bressan) e Everton (Tilica); Bobô (Jailson). Técnico: Roger Machado.

Local: Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ).

Arbitragem: André Luiz de Freitas Castro (GO), com Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Eduardo Gonçalves da Cruz (Fifa/MS).

Cartões amarelos: Cícero, Gum, Jonathan e Marcos Júnior (FLU); Edílson e Maicon (GRE). Cartão vermelho: Ramiro (GRE).

Gols: Marcos Júnior (29min/2°T); Marcelo Hermes (41min/1°T).

Comentários