No Maracanã, Grêmio empata com Flamengo em 1 a 1 e chega ao terceiro empate seguido no Brasileirão

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Depois de 10 meses, o Grêmio voltou ao Maracanã para encarar o Flamengo. As lembranças não são nada boas, da última vez, o tricolor perdeu de 5 a 0. Mas estamos em 2020 e muita coisa mudou nas duas equipes. Hoje, a partida terminou empatada. O tricolor marcou no final do primeiro tempo com Pepê e o Flamengo, no final do segundo com Gabigol.

Na escalação, força máxima! Renato Portaluppi resolveu não preservar dessa vez e foi com o time considerado titular. Mas tem novidade no banco de reservas, Robinho já podendo atuar, vira opção para o técnico. Logo nos minutos inciais o tricolor estava ligado e mantinha uma marcação alta, levando dificuldades para o Flamengo sair com a bola, mas isso logo mudou.

O ponteiro marcava 10 minutos e o rubro-negro começou a tomar a iniciativa. Aos 11, a primeira finalização aconteceu, a favor do Flamengo. Após cobrança de escanteio, Bruno Henrique cabeceia mas a bola vai por cima. Logo depois foi a vez de Everton Ribeiro fazer bela jogada, mas novamente sem sucesso.

O tempo foi passando e nada de grandes finalizações. Aos 21, Jean Pyerre cobrou falta, mas a bola para fora, sem sucesso. Depois novamente o camisa 21 tentou, bateu forte a bola desviou e foi pela linha de fundo.  Já aos 29 novamente Jean cobrou falta, com categoria, mas a bola insistia em não entrar. Ao longo da partida, tanto Grêmio quanto Flamengo faziam suas movimentação e buscam o gol.

Nos minutos finais só deu Grêmio, mas em nenhuma das tentativas, Diego Alves passou por grandes dificuldades. Aos 39 isso mudou e a melhor jogada aconteceu e foi pelo lado tricolor. Após cruzamento de Cortez, Diego Souza escora de cabeça para Alisson que bate, mas sem sucesso. As tentativas rederam e, no finalizinho do primeiro tempo abriu o placar com Pepê que, sozinho na grande área, soltou uma bomba e, dessa vez, sem chances para Diego Alves.

Para tentar reverter o placar, o rubro-negro começou a segunda etapa trocando passes, mas foi o tricolor que começou levando perigo: Diego Souza, com liberdade na área, bateu para fora. O Grêmio não se confortou apenas um gol e buscava mais. Aos 19, Diego Souza sentiu e Isaque entrou no lugar.

O tricolor aproveitava o mau momento do Flamengo e, aos 34, Isaque invadiu a área, mas desperdiçou a chance. O Flamengo não levava perigo, mas aos 42, o árbitro marcou pênalti para a equipe da casa. Gabigol bateu bem e não deu chances para Vanderlei. Renato promoveu trocas, mas a partida terminou assim: Flamengo 1, Grêmio 1. O tricolor agora permanece no Rio de Janeiro onde domingo enfrenta o Vasco.

 

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Com força máxima, Grêmio enfrenta o Flamengo e busca a vitória para espantar lembranças do 5 a 0
Com dois gols de Thiago Galhardo, Inter vence Atlético-GO e assume liderança do Brasileirão
Deixe seu comentário