Grêmio e Flamengo reeditam confronto na Libertadores após mais de três décadas


Por: Valéria Possamai,

A definição da chaves de brasileiros que irão disputam a semifinal da Copa Libertadores se definiu na noite desta quarta-feira. No Beira-Rio, o Inter não conseguiu reverter a desvantagem e acabou eliminado da competição para o Flamengo, após o empate em 1 a 1. Assim, o time carioca será o adversário do Grêmio, que despachou o Palmeiras, na última terça-feira. E a definição do enfrentamento reedita um confronto entre gaúchos e cariocas depois de 35 anos.

Na edição de 1984, os times se enfrentaram em oportunidades. Na época, o modelo da competição era diferente. Assim, não se pode dizer de fato, que eram duelos de semifinais. Os competidores eram divididos em 5 grupos. O líder de cada se classificava e outros grupos de três eram formados, nesta formatação era incluso o campeão da edição passada.

No primeiro duelo da competição, o tricolor, com Renato Portaluppi em campo, goleou por 5 a 1. Osvaldo (duas vezes)Caio, Renato e Tarcísio marcaram para o time gaúcho; Tita descontou para os cariocas.

Na partida seguinte, o Fla deu troco. Com dois gols de Bebeto e um de Andrade, o time venceu por 3 a 1. Guilherme marcou o único gol dos gremistas.

Mas o grande enfrentamento viria em um “jogo extra”. Como Grêmio e Flamengo terminaram empatados na 1ª posição com 6 pontos, houve a necessidade de uma partida de desempate em um campo neutro. 

O duelo foi protagonizado o estádio Pacaembu, em São Paulo. O tricolor tinha vantagem do empate por conta do melhor saldo de gols. Com mais de 40 mil pessoas, o Grêmio garantiu empate em 0 a 0, classificando-se para final contra o Independiente. O “rey de copas’ argentino acabou sagrando-se o campeão daquela edição.

Se o retrospecto em 1984 traz a lembrança da perda do título na final, no ano anterior os gremistas tem muitos motivos para comemorar. Grêmio e Flamengo se enfrentaram em duas partidas pela fase de grupo da competição. O cenário de 84 se repetiu e em 1983, o tricolor voltou a despachar o clube carioca e garantiu a classificação que culminou no título da América. Na primeira partida empate, 1 a 1. No segundo jogo, os gremistas venceram fora de casa, por 3 a 1. Os gols foram marcados por Tito, Caio e Osvaldo pelo lado do Grêmio, e Elder, pelo Flamengo.

Depois de mais de trés décadas, os times voltam a protagonizar um duelo pela Copa Libertadores. As semifinais estão marcadas para o mês de outubro. Quem avançar deste confronto estará na finalíssima.

Foto:(Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Comentários

>