Grêmio é eliminado da Copa do Brasil ao perder por 2 a 0 para o Flamengo

No primeiro jogo, o Grêmio já havia perdido por 4 a 0.

Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Na presença de 6.446 torcedores no Maracanã, o Grêmio enfrentou o Flamengo em partida decisiva das quartas de final da Copa do Brasil na noite desta quarta-feira (12). Melhor para o Rubro-Negro, que voltou a vencer o Tricolor, desta vez por 2 a 0. Na ida, o placar havia sido 4 a 0 para os cariocas. Os gols foram marcados por Pedro.

Houve aglomeração no setor norte do estádio. Os dirigentes do Maracanã decidiram reforçar os fiscais de público no local. Ao todo, o Flamengo contratou cerca de 300 para vigiar o público, com recomendações de uso de máscara e distanciamento.

Primeiro tempo

O início da partida foi movimentado e disputado. Logo aos 3 minutos de jogo, o Tricolor tramou uma boa jogada: Borja fez um lançamento para Léo Pereira, que recebeu por sobre a zaga e finalizou, mas foi bloqueado pela defesa carioca. Depois de cinco minutos, a bola foi colocada na área para Borja, que acionou Jhonata Robert um pouco mais a frente, mas o goleiro Gabriel conseguiu segurar.

Do outro lado, o Flamengo chegou aos 13′, com um lançamento de Renê para o ataque – foi direto pela linha de fundo. Dois minutos depois, foi a vez de Vitinho cobrar uma falta, cruzando na área, mas Kannemann cortou.

Passados 16’, o Grêmio chegou bem com Jhonata Robert, lançado na esquerda, mas após dominar, o chute foi bloqueado por Matheuzinho.

Os cariocas tiveram uma chance em cobrança de falta, da intermediária de ataque. Andreas Pereira cobrou de longe, mas Brenno fez a defesa com tranquilidade, aos 23’.

Cinco minutos depois, Jhonata Robert cobrou um escanteio na área e Borja finalizou, mandando por sobre a meta. Aos 35’, o Flamengo conseguiu ameaçar novamente com Vitinho, que arriscou de longe, mas isolou, mandando por cima.

Na reta final, Borja foi lançado na área, mas a defesa adversária cortou. Em resposta, os donos da casa tramaram com Michael, que deslocou a marcação e chutou rasteiro. Kannemann cortou em cima da linha.

Nos acréscimos, aos 46’, Jhonata Robert tentou pegar o goleiro Gabriel desprevenido, mas ele conseguiu a defesa.

Segundo tempo

O Grêmio voltou a campo com a mesma formação para o segundo tempo.

Nos primeiros minutos, o Tricolor teve um escanteio a seu favor. Jhonata Robert cobrou, mas o goleiro carioca fez a defesa. Em seguida, Sarará arriscou de longe, para outra defesa do arqueiro adversário.

O Flamengo chegou também na sequência, com uma troca de passes dentro da área, mas não passou pela defesa gremista.

O jogo seguiu muito movimentado, com ambas as equipes criando chances no campo de ataque. Aos 10’, Rafinha fez um lançamento para o ataque, a bola desviou em Borja e sobrou para Jhonata Robert, que chutou no canto, mas o goleiro fez uma grande defesa. Do outro lado, Gabriel fez um lançamento na pequena área para Michael, que se atrapalhou e não conseguiu completar a gol.

A primeira mudança no Grêmio foi providenciada com 16 minutos jogados. Lucas Silva no lugar de Matheus Sarará.

Outra tentativa do Tricolor saiu dos pés de Jhonata Robert, finalizando da esquerda, mas a bola explodiu na marcação.

O técnico Luis Felipe Scolari promoveu mais duas mudanças, com Diego Souza, Éverton e Rodrigues, nos lugares de Borja, Jhonata Robert e Paulo Miranda.

O Flamengo teve um bom lance com um cruzamento de Everton Ribeiro na área. Pedro dominou e tentou de bicicleta – no lance, Rodrigues colocou a mão na bola. Pênalti — Pedro cobrou e marcou para os donos da casa, aos 33 minutos.

Na reta final, os cariocas conseguiram marcar o segundo gol, novamente com Pedro. O atacante deu um passe para Everton Ribeiro, que chutou na trave. A bola voltou aos pés do atacante, que mandou para o gol.

As duas equipes voltam a se enfrentar neste domingo (19), em partida válida pelo Campeonato Brasileiro. Na competição, o Tricolor busca sua segunda vitória consecutiva. Atualmente, ocupa a 18ª colocação, com 19 pontos somados.

Ficha técnica

— Flamengo: Gabriel Batista, Matheuzinho, Rodrigo Caio (Gustavo Henrique), Léo Pereira, Renê (Ramon), Thiago Maia (Gomes), Andreas Pereira, Everton Ribeiro, Vitinho (Lázaro), Michael, Gabriel (Pedro). Técnico: Renato Portaluppi.

— Grêmio: Brenno, Rafinha, Paulo Miranda (Rodrigues), Kannemann, Diogo Barbosa, Fernando Henrique, Mateus Sarará (Lucas Silva), Villasanti, Jhonata Robert (Everton), Borja (Diego Souza), Léo Pereira. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

— Arbitragem: Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Bruno Boschilia e Victor Hugo Imazu dos Santos. Árbitro de vídeo (VAR): Adriano Milczvski.

* Por supervisão de: Marjana Vargas

Voltar Todas de Grêmio

Compartilhe esta notícia:

Visando o Brasileirão, Grêmio terá time misto diante do Flamengo pela Copa do Brasil
STJD derruba liminar que permitia público em jogos do Flamengo no Rio de Janeiro
Deixe seu comentário