Grêmio deve ser mais cobrado em segundo jogo-treino

Na tarde fria de quinta-feira, o técnico Renato Portaluppi comandou o treino do Grêmio antes do último teste da pré-temporada de inverno. O treinador dividiu o grupo em setores, trabalhando separadamente com os atacantes e os defensores. Matheus Henrique e Kannemann participaram normalmente das atividades pelo segundo dia seguido. Paulo Miranda foi o único jogador ausente, já que ainda se recupera de lesão com a fisioterapia intensificada.

Após o treino, o lateral-direito Leonardo Gomes concedeu entrevista no CT Luiz Carvalho. Sobre o período sem jogos, ele destacou: “A gente fechou um ciclo de 10, 12 dias que foi importante, principalmente para recuperar os jogadores que estavam fora. Agora abrimos um leque de opções para todas posições.” Sobre a sequência de partidas que o Tricolor terá neste mês de julho, o lateral garantiu confiança: “Somos um grupo que está acostumado a jogar copas. Viemos se preparando bem, tenho certeza que voltaremos bem contra o Bahia”.

Após sofrer uma derrota no primeiro teste da pré-temporada de inverno, 4 a 1 para o São José, Leo Gomes espera que o amistoso desta sexta-feira seja diferente, seja em ritmo do jogo ou em cobrança: “Primeiro jogo-treino [São José] o professor Renato não cobrou tanto, pediu para a gente jogar solto, até porque estávamos com a perna pesada dos treinamentos. Acho que amanhã [Criciúma] ele vai nos cobrar mais.”

Nesta sexta-feira, às 15 horas, o Grêmio recebe o Criciúma no CT Luiz Carvalho. O Tricolor vai em busca de um resultado positivo neste segundo teste antes de voltar oficialmente aos gramados. Na quarta-feira que vem (10) o Grêmio recebe o Bahia, na Arena, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil.

Voltar Todas de Esporte

Compartilhe esta notícia:

Moradores de rua receberão abrigo e jantar no Gigantinho nesta sexta
Grêmio trabalha ataque e defesa antes do retorno contra o Bahia pela Copa do Brasil
Deixe seu comentário